Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Volta a chover forte sobre a Grande SP

20/10/2016 às 00:13
por Josélia Pegorim

Atualizado 20/10/2016 às 15:46

Nuvens bastante carregadas crescem sobre o estado de São Paulo por causa do calor e do aumento da disponibilidade de umidade. Como já era esperado, as pancadas de chuva começaram mais cedo nesta quinta-feira e acontecem em quantidade muito maior do que nos últimos dias.

Choveu forte na capital e áreas da Grande SP no começo da manhã desta quinta-feira e a chuva retorna, podendo ser forte. Por volta das 15h30, os Radares Climatempo-USP voltavam a detectar chuva sobre a região. A chuva caía moderada a forte sobre parte de Itapecerica da Serra e entre Corta e Vargem Grande Paulista

 

 

Na imagem das 15h15 dos radares IPmet/UNESP as manchas em alaranjado e vermelho representam chuva moderada a forte. Elas aparecem na região de Rinópolis, Piacatu, Queiroz, Pompéia e outras cidades do interior.

 

 

 

No decorrer da tarde e na noite desta quinta-feira, estas áreas de chuva aumentam e espalham temporais pelo estado de São Paulo. Volta a chover forte também sobre a Grande São Paulo. Há risco de raios e de ventania.

 

A chuva forte que caiu sobre Miracatu na madrugada causou alagamentos.

 

 

Todo o estado pode registrar chuva forte nesta tarde e noite, acompanhada de raios e fortes rajadas de vento. Também não se descarta a queda de granizo. A Climatempo alerta para alagamentos e queda de árvores.

 

Quanto choveu  no começo de manhã na capital?

 

A passagem de uma pequena área de instabilidade provocou fortes e rápidas pancadas de chuva em alguns lugares do sul e do leste do estado São Paulo.

A chuva forte com raios no início da manhã desta quinta-feira pode ser observada em vários locais da capital paulista e da Grande São Paulo. Do início da madrugada até 10 horas, as estações meteorológicas operadas pelo Centro de Gerenciamento de Emergências da Prefeitura registraram acumulados de 0,2 mm na estação Aricanduva - Vila Formosa a 6,6 mm no Itaim Paulista.

 

Quantidade de Raios

 

Entre 00 hora e 8h38 desta quinta-feira, 20, a rede de detectação de descargas elétricas EarthNetwok mediu 2589 raios sobre a Grande São Paulo, sendo que 921 foram do tipo nuvem-solo, isto é, descargas que chegaram ao solo vindas das nuvens carregadas que passavam sobre a Grande São Paulo.

Somente sobre a cidade de São Paulo foram detectados 760 raios sendo 530 nuvem-solo.

Acompanhe a chuva sobre a Grande São Paulo pelos radares Climatempo-USP.

 

Muito calor

A sensação de abafamento ainda será muito grande nesta quinta-feira. Porém, a chance de novos recordes diminui por causa do aumento das condições para chuva e da nebulosidade e também da entrada de ventos de origem polar trazidos pela fraca frente fria que chega ao litoral paulista.

 

 

 

 

Fim de semana fresco na Grande SP

A temperatura cai mais na sexta-feira e e no fim da semana, que já será com sensação de frescor. Mas o tempo vai ficar muito mais instável. Na sexta-feira, no sábado e no domingo, o estado de São Paulo volta a ter muitas nuvens e chuva frequente.

 

Recorde de calor em SP
Em nota oficial, o Instituto Nacional de Meteorologia informou que a tarde de 19 de outubro de 2016 foi com calor recorde na cidade de São Paulo e em vários municípios do estado de São Paulo.

A razão para as elevadíssimas temperaturas foi a combinação de ventos quentes persistentes com a escassez de nebulosidade e de chuva e a ausência de ar polar.

 

Recorde de calor na capital paulista

Na cidade de São Paulo, a temperatura máxima na tarde de 19 de outubro chegou aos 35,9°C na medição convencional do Mirante de Santana, que é a referência para validação de recordes. A medição feita por uma estação meteorológica automática no local registrou 36,1°C.  A máxima anterior havia sido no era de 35,0°C registrada no dia 17 de outubro com medição convencional. A medição automática aferiu 35,2°C.

 

Termômetro de rua instalado no viaduto Tutóia, região sul da cidade de São Paulo, marcou até 40°C!

 

 

Calor recorde no interior
Em Barretos a temperatura máxima chegou a 39,2°C, dois décimos de grau acima do recorde de calor anterior para este ano que ocorreu no dia 17 de outubro, segunda-feira. Foi a maior temperatura no estado de São Paulo. Valparaíso repetiu os 39,0°C registrados também no dia 17.
Confira as temperaturas recordes de outras cidades paulistas registradas no dia 19 de outubro

Sorocaba: 36,8°C
Franca: 34,2°C
São Simão: 38,4°C
Campos do Jordão: 28,1°C
Taubaté (automática): 36,0°C
São Carlos (automática): 35,1°C
Avaré (automática): 35,2°C
Barra Bonita (automática): 38,7°C
Ituverava (automática): 37,1°C
Piracicaba (automática): 36,5°C
José Bonifácio (automática): 38,4°C
São Miguel Arcanjo (automática): 35,5°C
Presidente Prudente (automática): 37,7°C