Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Ar seco e frio no Sul

03/11/2016 às 11:48
por Maria Clara Machado

Atualizado 03/11/2016 às 12:27

As grandes áreas de instabilidade de uma frente fria que provocaram temporais sobre o Sul no feriado de finados, se afastaram da Região. Apenas o norte e o leste do Paraná ainda podem ter chuva nesta quinta-feira (3), mas sem risco temporais. 


Grande parte do Sul do Brasil já está sob a influência da nova massa polar e o tempo abriu no Rio Grande do Sul, em muitas áreas do interior de Santa Catarina e do interior do Paraná. Os níveis de umidade do ar tendem a cair rapidamente pelo interior da Região durante à tarde Veja na imagens de satélite a diminuição da nebulosidade: 


O frio foi sentido na manhã desta quinta principalmente na região serrana do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina com termômetros abaixo dos 4°C. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (INMET), fez 3°C em Cambará do Sul (RS) e 3,2°C em São Joaquim (RS). No Paraná, a menor temperatura foi observada em General Carneiro com mínima de 5,9°C. Das capitais, Porto Alegre esfriou bem e a mínima foi de 10,4°C, pelo INMET. Curitiba amanheceu com 14°C e Florianópolis com 18°C.  


Trégua nos temporais
O ar seco de origem polar vai atuar sobre o Sul do Brasil nos próximos dias deixando as temperaturas baixas nas madrugadas, especialmente nesta sexta-feira (4) e no sábado (5). Durante à tarde as temperaturas vão subir devagar. Não há previsão de chuva até o domingo (6). Apenas no Paraná, as pancadas de chuva com raios retornam no domingo, mas de maneira localizada. 

Começo de novembro com muita chuva e ventania 
No período entre às 10 horas de quarta e às 10 horas desta quinta-feira, pelo horário de Brasília, os maiores acumulados de chuva foram registrados no Paraná. De acordo com dados do INMET, foram acumulados 40 mm em Campo Mourão, 28,6 mm em Nova Fátima e 26,2 mm em Morretes. Vários outros municípios tiveram chuva perto de 20 mm. Mas, a chuva foi surpreendente e muito volumosa de entre terça e manhã de quarta. 
Veja as tempestades e ventania que marcaram o Sul do Brasil no dia primeiro e dois de novembro.