Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Aconteceu em 16/04/2015

16/04/2015 às 22:28
por César Soares

Conf
ira alguns fatos meteorológicos que foram destaques em 16 de abril de 2015. (compilação de dados até 20h, horário de Brasília)   Granizo e alagamento em São Paulo São Paulo (SP) voltou a ter temporais depois de uma mês de pouca ou nenhuma chuva. Na tarde desta quinta-feira, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 37,0 mm no Mirante de Santana, na medição convencional. A medição automática indicou 22, 0 mm entre  13h e 14h. Com os temporais dos dias 16 e 15 de abril, São Paulo acumulou em menos de 48h 62,4 mm, que correspondem a 85% da média de chuva para o mês.  Leia mais Chuva forte em pouco tempo A combinação de convergência de ventos, excesso de umidade e calor geraram nuvens muito carregadas sobre estados do Norte e do Centro-Oeste. Várias áreas registraram tempestades, com muita chuva em pouco tempo Grandes volumes de chuva acumulados em 24h Estados do Norte e do Centro-Oeste também registraram os maiores volumes de chuva acumulados em 24 horas no Brasil. Intrigou os meteorologistas Os meteorologistas da Climatempo ficaram intrigados (e monitoraram) um aglomerado de nuvens sobre o mar que surgiu entre o litoral sul da Bahia e o Espírito Santo. O que despertou a curiosidade foi o giro ciclônico (sentido horário) das bandas de nuvens e também a formação de um “olho” bastante arredondado, características comuns de ciclones. Leia mais Vento forte Rajadas de vento superiores a 60 km/h ocorreram em alguns locais do país, em geral por causa da passagem de nuvens carregada, do tipo cumulonimbus.   Calor O estado de Alagoas registrou novamente as maiores temperaturas do país. Pela medição automática do Inmet, em Coruripe fez 38,7°C e em Pão de Açúcar fez 36,8°C. Ar seco Boa Vista, capital de Roraima, foi a capital mais seca no Brasil. O nível de umidade relativa do ar às 15h (Brasília) foi de 35%. O estado mais seco foi Pernambuco, onde a umidade relativa do ar chegou aos 17%, às 16h, em Serra Talhada.