Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Frente fria chega forte ao Sul. Calor vai diminuir no Rio.

13/02/2010 às 09:53
por Josélia Pegorim

Parou de chover em Cuiabá, mas ainda há previsão de chuva para os próximos dias.

As áreas de instabilidade que estavam sobre a região de Cuiabá finalmente enfraqueceram e a chuva foi parando a partir do meio da tarde deste sábado. A capital de Mato Grosso sofreu hoje com chuvas intensas. Segundo as medições do Instituto Nacional de Meteorologia foram acumulados 92,9 milímetros, até as 9 horas da manhã deste sábado, pelo horário local. Isto correspondeu a 47% da média de chuva para fevereiro, que é de 199 milímetros. O total de chuva acumulado desde o início do mês está em torno de 145 milímetros. Muita chuva em Cuiabá Grande volume de chuva acumulado e a expectativa de mais chuva para o domingo podem causar alagamentos e transbordamento de rios. Enquanto os cariocas ardem em sol e calor, o Carnaval 2010 começou com muita chuva na região de Cuiabá. Grandes áreas de nuvens carregadas crescem neste sábado sobre a Baixada Cuiabana, na Chapada d0s Guimarães e dos Parecis e provocaram chuva forte. As medições do Instituto Nacional de Meteorologia indicaram 81 milímetros de chuva acumulados em algumas áreas da cidade, apenas entre 4 horas da madrugada e 8 horas da manhã do sábado, pelo horário local. Mais da metade deste volume ocorreu entre 3 e 4 horas da madrugada, o que indica que  a chuva caiu muito forte. A chuva prosseguia pela manhã e a não havia expectativa de que parasse pelo menos até as primeiras horas da tarde. A situação é preocupante porque, com o grande volume de chuva que já foi acumulado sobre a cidade a expectativa de mais pancadas de chuva para este domingo, o risco de transbordamento de rios e alagamentos é alto. Frente fria traz chuva forte para o Sul do Brasil As preocupações com a chuva neste Carnaval aumentam no Sul do Brasil, com a chegada de una forte frente fria neste domingo. Há risco de temporais, especialmente no Rio Grande do Sul e nas áreas de fronteira com o Paraguai e com a Argentina. O impacto da chegada da frente fria com o ar muito aquecido facilita a formação das nuvens de tempestade. Uma forte Durante a segunda e a terça-feira de Carnaval, o deslocamento desta frente fria sobre o Sul do Brasil poderá provocar chuvas intensas e ventania em várias localidades de Santa Catarina e do Paraná. O sistema se aproxima de São Paulo na terça-feira, onde também há risco de chuvas fortes a partir da tarde. Calor vai diminuir no Rio de Janeiro A última vez que os termômetros baixaram dos 30ºC foi no dia 31 de dezembro de 2009 Uma das grandes expectativas dos meteorologistas é de que esta frente fria consiga alcançar o Rio de Janeiro com força suficiente para provocar chuva e baixar a temperatura no Estado. A previsão é de que os termômetros passem dos 40ºC na capital fluminense até a terça-feira de Carnaval. A chegada da frente fria a cidade é esperada para a quarta-feira de cinzas, quando podem ocorrer temporais, mas o calor ainda deve ser intenso. Na quinta e na sexta-feira da semana que vem, os termômetros finalmente devem baixar dos 30ºC na cidade do Rio de Janeiro, o que não ocorre desde o dia 31 de dezembro de 2009, segundo as medições do INMET -  Instituto Nacional de Meteorologia. No dia 8 de fevereiro, o INMET mediu 41,5ºC na região de Santa Cruz, bairro da zona oeste da cidade. No dia 4, a temperatura chegou aos 41ºC na Praça Mauá, no centro da cidade. Ainda segundo o INMET, a média das temperaturas máximas de fevereiro registradas na Praça Mauá estava em 39,2º, até a tarde do dia 12. É o maior valor médio já registrado neste local, desde 2002, quando as medições começaram. A maior média anterior era de 37,2º, em fevereiro de 2003.