Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Ar polar e recordes de frio em São Paulo

23/03/2015 às 10:30
por César Soares

A passagem de uma frente fria por áreas paulistas durante o fim de semana não trouxe somente a chuva. A massa de ar polar e a quantidade de nuvens também afetou diretamente as temperaturas na Grande São Paulo.

Segundo informações da estação convencional do Instituto Nacional de Meteorologia (INMET) no Mirante de Santana, tivemos a tarde mais fria do ano de 2015 com 22,8°C no domingo (22). O recorde anterior havia ocorrido nos dias 05 de fevereiro e 09 de março com 22,9°C.

Ainda segundo a estação do INMET, a segunda-feira (23) teve a menor mínima de 2015 com registro de 17,1°C igualando o registro de 08 de fevereiro.

Nas imagens do satélite meteorológico é possível ver o avanço das instabilidades da frente fria para áreas do Rio de Janeiro e do Espírito Santo. Em seu lugar os tons em marrom indicam a presença de um ar mais seco que desfavorece a formação de nuvens principalmente sobre o interior paulista. Na faixa leste e na Grande São Paulo ainda há a presença de umidade vinda do oceano que traz mais nuvens do que chuva.

Mais ar polar e menos chuva

A semana ainda reserva a passagem de mais uma frente fria na costa de São Paulo. Esse sistema frontal promete trazer mais frio do que chuva, pois as instabilidades não serão fortes o suficientes para trazer uma chuva generalizada. Mas a massa de ar polar promete novamente fazer as temperaturas mínimas caírem, e a nebulosidade associada pode favorecer a queda da temperatura máxima.

O mapa a seguir mostra que os acumulados de chuva dificilmente chegam aos 30mm na maior parte do Estado de São Paulo.