Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Ar seco deixa Cuiabá em estado de alerta

22/06/2011 às 15:18
por Josélia Pegorim

22/0
6/2011 O nível de umidade do ar na região de Cuiabá baixou ainda mais no começo da tarde desta quarta-feira. Às 14 horas, o aeroporto de Várzea Grande registrava apenas 20% de umidade no ar, o que representa um estado de alerta, pelos padrões da Organização Mundial da Saúde - OMS. Segundo a OMS, o estado de alerta para o ar seco é determinado para índices de umidade do entre 12% e 20%. Abaixo de 12% é considerado estado emergência, entre 21% e 30%, atenção e entre 31% e 40%, estado de observação. O valor de 20% registrado em Cuiabá é o valor mais baixo observado na região do aeroporto local nos últimos 15 dias. Desde o dia 13 de junho, os menores níveis de umidade à tarde vinham se mantendo em torno dos 30%. Além do ar muito seco, a população da Grande Cuiabá enfrenta o calor, o que aumenta o desconforto. A temperatura às 14 horas chegava aos 36ºC. Há chance de um novo recorde de calor para 2011 na tarde hoje. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura mais alta registrada este ano em Cuiabá foi de 35,9ºC, em 2 de fevereiro. Neste dia, a temperatura no aeroporto de Várzea Grande alcançou os 35ºC. Ar seco predomina sobre o Brasil Índices de umidade do ar baixos como o que ocorre nesta quarta-feira na região de Cuiabá passam a ser cada vez mais comuns no interior do Brasil no decorrer do inverno até antes do início da chuva da primavera. Os menores valores de umidade costumam ocorrer em áreas do Centro-Oeste do Brasil. Por volta das 14 horas de hoje, medidas feitas pelo Instituto Nacional de Meteorologia registravam índices de umidade entre 30% e 21% em diversas localidades do Centro-Oeste, do oeste e noroeste de Minas Gerais, no oeste da Bahia, centro-sul do Piauí, Tocantins e sul do Pará.