Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Ar seco no Nordeste

25/01/2013 às 15:11
por Josélia Pegorim

A re
cente passagem de uma frente fria pela Bahia ajudou a provocar chuvas fortes em muitas áreas deste Estado e também no Piauí e no Maranhão. Pancadas de chuva ocorreram também em áreas de sertão. Mas esta frente fria não consegui mudar as condições do tempo na parte leste do Nordeste. Os estados de Sergipe, Alagoas, a parte centro-leste do Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e o Ceará tiveram um aumento da nebulosidade, mas pouca ou nenhuma chuva ocorreu. A frente fria se afastou do Nordeste e o ar seco ganha força de novo sobre o Nordeste, o que diminui as condições de chuva nos próximos doas. O calor aumenta de novo.   O tom escuro na imagem de satélite indica justamente a região onde o ar está mais seco e quente. A baixa umidade do ar inibe o crescimento das nuvens. Às 14 horas, a Aeronáutica registrava 29% de umidade no ar em Juazeiro do Norte (CE), 33% de umidade relativa do ar em Campina Grande (PB). 36% na região de Paulo Afonso (BA) e Petrolina (PE) e 40% de umidade no ar em João Pessoa, o que é um valor bastante baixo para uma um lugar no litoral. Em Caicó, no interior do Rio Grande do Norte, o Instituto Nacional de Meteorologia registrava apenas 20% de umidade no ar, às 14 h. Em muitos outros locais nos interior, os níveis de umidade também estavam baixos assim.