Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

As "lombadas" de nuvens

28/04/2015 às 10:07
por César Soares

Uma imagem do satélite meteorológico AQUA chamou a atenção dos meteorologistas da Climatempo. Uma formação bastante curiosa pode ser observada. Trata-se de corredores de nebulosidade seguidos por vãos sem a presença de nuvens, parecendo várias "lombadas" ou "quebra-molas", que são recursos utilizados nas estradas para a redução de velocidade dos automóveis.

Esse tipo de formação é observado durante a ocorrência das chamadas ondas de gravidade, nas quais ocorrem a ascensão e descendência (subsidência) do ar, que significa o ar subir e descer respectivamente.

Com o aquecimento do sol, o ar tende a subir da superfície para altitudes mais elevadas. O ar da superfície tem vapor d'água que começa a condensar durante a subida uma vez que a temperatura começa a cair. Dessa forma há a formação de nebulosidade, só que nas áreas laterais da nebulosidade o ar desce das camadas mais altas para as camadas mais baixas, e este processo traz um ar mais seco o que inibe a formação de nuvens.

Esse processo ocorre diversas vezes e por isso há esse aspecto da formação de "corredores" nebulosidade, ou "lombadas". Em alguns casos há inclusive a formação de chuva neste processo, nas áreas onde há nuvens.

E se as lombadas ou quebra-molas afetam os carros, esse tipo de formação de nebulosidade afeta diretamente a aviação. Neste processo de formação há a presença de turbulência que não provoca acidentes, mas causa tremores na aeronave.

O meteorologista César Soares comentou esta curiosidade meteorológica no Climatempo News. Confira!