Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

ASAS ganha força sobre o Brasil

12/03/2015 às 22:26
por Josélia Pegorim

A primeira quinzena de março já deu temporais e chuvas volumosas em muitas áreas da Região Sudeste. Várias regiões já acumularam mais chuva do que a média normal. Dentre as capitais, São Paulo e Belo Horizonte já superaram a média de chuva para março. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a capital paulista acumulou em 12 dias aproximadamente 208 mm de chuva, sendo que a média para o mês fica em torno dos 160 mm. Por causa de vários temporais nos últimos dias, Belo Horizonte, acumulou em 12 dias quase 166 mm de chuva, valor que está 16% acima da média para março, que é de 143 mm. Com a atuação da Zona de Convergência Intertropical, a chuva veio forte nos últimos dias em vários locais do Nordeste.

  Mas a chuva vai rarear de novo sobre o Sudeste e em outras Regiões do país. O sistema de Alta Pressão Subtropical do Atlântico Sul já está tendo influência sobre o Espírito Santo e sobre o nordeste de Minas Gerais, dificultando a formação de nuvens de grandes de nuvens e de chuva sobre estas áreas. Neste fim de semana, a ASAS avança e intensifica sua atuação sobre o Brasil e reduz novamente as condições para chuva não só sobre o Sudeste, mas também em parte do Nordeste, do Centro-Oeste e até do Sul do Brasil. O último fim de semana do verão promete ser de sol, calor e algumas pancadas de chuva sobre quase todo o Brasil, mas em muitas áreas do Sudeste, do Sul, e do Nordeste, incluindo as praias, o sol vai ganhar da chuva Teremos um novo bloqueio atmosférico? Será forte? Quanto tempo a ASAS vai atuar desta vez? A meteorologista Josélia Pegorim comenta as mudanças no tempo para os próximos dias.   Os mapas mostram a estimativa de chuva para o Brasil. Os tons de vermelho-terra indicam acumulados de chuva baixos no período de até 5 dias, que não devem passar dos 30 ou 50 mm.       Março é o mês dos ciclones no Hemisfério Sul