Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

BALANÇO DAS CAPITAIS EM OUTUBRO

01/11/2009 às 08:47
por Alexandre Nascimento

As áreas de instabilidade estiveram neste mês de outubro concentradas sobre parte do País, especialmente na porção leste, entre o Paraná e a Bahia, incluindo a região do Distrito Federal. Com isso, as capitais Curitiba, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília e Salvador tiveram um volume de chuva bem acima do que normalmente deveria ocorrer em um mês de outubro. Na primeira quinzena, as áreas mais atingidas foram São Paulo e Paraná e nesta última semana, as demais áreas citadas foram bastante castigadas. Já na faixa norte do País, incluindo Rio Branco, Manaus, Boa Vista, Macapá e quase todas as capitais nordestinas, com exceção de Salvador e de Teresina, a chuva ficou muito abaixo do normal. No restante do Brasil, ocorreram pancadas de chuva dentro das condições normais para um mês de outubro, ou ligeiramente abaixo/acima. Destaque de chuva para as capitais do Sudeste, com 345.2 milímetros de chuva acumulados em Belo Horizonte e 394,1 milímetros em Vitória e Brasília, com 257,5 milímetros registrados pelo Instituto Nacional de Meteorologia. Por outro lado, destaque de seca para São Luís, sem registro algum de chuva, para Rio Branco, Manaus e Boa Vista, com bem menos do que a metade esperada no mês. As capitais nordestinas tiveram pouca chuva, mas isso é normal nesta época do ano, com exceção de Salvador, onde deveria chover em um outubro normal 122,2 milímetros e foram acumulados quase 170 milímetros de chuva.

Capital

Chuva normal em outubro (mm)

INMET

Acumulado em 10/2009 (mm)

INMET

Aracaju

72

10,6

Belém

116,1

110,6

Belo Horizonte

123,1

345,2

Boa Vista

122,2

38

Brasília

172

257,5

Campo Grande

187,1

159

Cuiabá

199

154,5

Curitiba

90

161,4

Florianópolis

126

105,6

Fortaleza

15,6

7,7

Goiânia

170,9

130

João Pessoa

57,5

7,6

Macapá

35,5

9,2

Maceió

72,7

11,7

Manaus

125,7

25

Natal

25,8

0,3

Palmas

183

194,5

Porto Alegre

114,3

91,1

Porto Velho

185,3

201

Recife

66,1

15

Rio Branco

171,6

68

Rio de Janeiro

119,7

176,5

Salvador

122,2

169,8

São Luis

10,7

0

São Paulo

132,9

146,1

Teresina

18

13

Vitória

126,6

394,1