Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

BH e Brasília completam 2 meses sem chuva

09/08/2011 às 18:26
por Aline Tochio

ong>Nesta quarta-feira, as capitais Belo Horizonte e Brasília completam 60 dias sem chuva. Climatologicamente, o trimestre junho/julho/agosto é o que menos chove em grande parte do Sudeste e do Centro-Oeste do Brasil, inclusive nas cidades de Brasília e Belo Horizonte. Normalmente a chuva que ocorre nesse período é muito pouca. E esse ano não está sendo diferente. Belo Horizonte: A última chuva registrada pelo INMET em BH aconteceu entre os dias 09 e 10 de junho, acumulando pouco menos de 15 milímetros. Desde então, a capital mineira vem enfrentando dias quentes e secos. Segundo dados do INMET, a média de chuva normal para o trimestre é de 11,5 mm em junho, 15,3 mm em julho e 14,8 mm em agosto. Essa situação não é incomum. Em 2010, a capital também enfrentou estiagem nesse trimestre. Entre os dias 20 de maio e 08 de setemebro, não houve registro de chuva na cidade. No dia 09 choveu um pouco. Depois disso, só voltou a chover regularmente depois do dia 28 de outubro. Com relação a umidade relativa, o menor valor registrado este ano foi de 20% no dia 04 de agosto, de acordo com medições do INMET. No aeroporto da Pampulha, o índice chegou a 14% no mesmo dia 04. Valores entre 11 e 20% são considerados estado de alerta pela Organização Mundial de Saúde. Brasília: Os brasilienses também estão encarando dias de temperatura elevada e umidade baixa. De acordo com medições do INMET, não chove na Capital Federal desde o dia 11 de junho. Entre os dias 10 e 11, foram acumulados apenas 05 milímetros. Segundo dados do INMET, a média de chuva normal para o trimestre é de 8,7 mm em junho, 11,1 mm em julho e 13,9 mm em agosto. Assim como BH, Brasília também passou por uma longa estiagem em 2010, só que um pouco pior. Em 26 de junho de 2010, o INMET registrou cerca de 23 milímetros de chuva, um volume considerável para esta época do ano. Porém, foi a única chuva registrada no mês. Depois disso, só voltou a chover no começo de outubro. Ou seja, entre 27 de maio e 01 de outubro de 2010, não choveu em Brasília. Com relação a umidade relativa, o menor valor registrado este ano foi de 19% nos dias 01 e 02 de agosto, de acordo com medições do INMET. No aeroporto Juscelino Kubitschek, o índice chegou a 17% no dia 02 de agosto. Valores entre 11 e 20% são considerados estado de alerta pela Organização Mundial de Saúde. Previsão desanimadora para as capitais Para quem não aguenta mais esse tempo seco, as notícias não são boas. Pelo menos durante a próxima quinzena, não há previsão de chuva para Brasília nem para Belo Horizonte. Algumas frentes frias podem passar pelo Sudeste e aumentar um pouco os níveis de umidade, mas nada que dure mais que um ou dois dias, nem que seja suficiente para provocar chuvas.