Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Brasileirão: a chuva rola em .....

03/12/2010 às 18:18
por Josélia Pegorim

ong>Brasileirão Um fim de semana de muita tensão, muita torcida no futebol. A última rodada do Brasileirão no fim da tarde do próximo domingo decide o campeão brasileiro de futebol, o último que vai completar a lista de rebaixamento e de quebra, prolonga a expectativa para uma possível vaga na Copa Libertadores. A bola rola no Rio de Janeiro, em São Paulo, Santos, Curitiba, Salvador, Sete Lagoas, Porto Alegre e em Goiânia. E onde a chuva vai rolar? A situação meteorológica neste fim de semana está complicada em vários campos. Uma nova frente fria chega ao litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro, o que aumenta muito risco de chuva em Santos, no Rio de Janeiro e em Sete Lagoas. Além disso, grandes áreas de instabilidade voltam a crescer sobre o Sul do Brasil, especialmente sobre o Paraná, colocado Curitiba na mesma situação. O excesso de calor em Goiânia também pode gerar nuvens de chuva no fim da tarde. Risco de chuva alto Atlético Paranense e Avaí jogam na Arena da Baixada, em Curitiba. O risco de chuva durante o jogo não só é alto, como também há risco de chuva forte. Curitiba deve ter chuva volumosa já neste sábado e o campo deve encharcar. Na Vila Belmiro, em Santos, no litoral paulista, jogam Santos e Flamengo. A frente fria próxima do litoral de São Paulo e do Rio de Janeiro vai ter um grande peso para deixar o tempo bastante instável. A chuva deve jogar junto quase o tempo todo. Uma chuva constante, que pode cair grossa, incomodando também as torcidas. O risco de chuva também é alto no Rio de Janeiro, onde jogam Vasco e Ceará, no estádio de São Januário, e no Engenhão, talvez o jogo mais esperado, entre o Fluminense e o Guarani, que vai decidir o campeão brasileiro de futebol de 2010. A presença da frente fria no litoral fluminense deixa a cidade do Rio de Janeiro com tempo instável. O risco de chuva durante jogo é alto e pode até chover forte. A cidade de São Paulo também fica altamente sujeita a chuva no fim da tarde do domingo, por conta desta mesma frente fria. O time do São Paulo recebe o Atlético Mineiro no estádio do Morumbi e o risco de chuva durante o jogo também alto. Pode chover com moderada a forte intensidade, em alguns momentos. O Cruzeiro joga contra o Palmeiras na Arena do Jacaré, na cidade mineira de Sete Lagoas. De novo, a frente fria que estará no litoral do Rio de Janeiro durante o domingo aumenta muito a possibilidade de chuva em Sete Lagoas. O risco de chuva é ainda maior no fim da tarde, com o ar abafado no decorrer do dia. Este jogo também deve ocorrer com chuva e pode chover forte  em alguns momentos. Risco de chuva médio Na situação de risco de chuva médio está apenas a cidade de Goiânia, que no domingo recebe o Corinthians para enfrentar o Goiás. O hoje acontece no estádio Serra Dourada. Não dá para descartar a chance de pancadas de chuva no fim da tarde em Goiânia, por conta do excesso de calor. Mas neste caso, a chuva deve ser rápida poderá nem cair exatamente na região do Serra Dourada. Risco de chuva baixo O Vitória joga contra o Atlético de Goiás no Barradão, em Salvador. Os dois times lutam contra o rebaixamento. De todos os jogos deste domingo, este é que tem o menor risco de alguma chuva atrapalhar a disputa. A capital baiana deve ter um domingão de sol e no fim da tarde, algumas nuvens, mas que não devem provocar chuva. Porto Alegre, capital do Rio Grande do Sul, será o palco de Grêmio e Botafogo. É este jogo que cria o “estado de suspensão”, para definir uma das vagas da Copa Libertadores da América. Quase todo o Sul do Brasil tem um domingo com muitas nuvens e chuva, mas estas áreas de instabilidade não deve atingir Porto Alegre diretamente. Durante o hoje, a cidade deve estar com muitas nuvens, mas a chance de chuva é pequena. Se ocorrer alguma chuva, será fraca e rápida, sem atrapalhar o hoje.