Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Brasília está entrando na seca

26/04/2011 às 16:55
por Josélia Pegorim

Por
volta das 17 horas desta terça-feira, o aeroporto de Brasília registrou 30% de umidade no ar, o menor valor em 15 dias neste local. Abril de 2011 já deu a Brasília o maior volume de chuva em 24 horas de 2011, mesmo assim, o mês vai terminar com bem menos chuva do que o normal. Entre os dias 10 e 11 de abril choveu 53,5 milímetros, pela medição do Inmet - Instituto Nacional de Meteorologia. Esta foi a chuva mais intensa deste ano medida pelo Inmet, mas depois não choveu mais. Até 9 horas da manhã do dia 26 de abril, Brasília acumulou aproximadamente 70 milímetros de chuva, quantidade que está 44% abaixo da média normal para este mês que é de aproximadamente 124 milímetros. A chance de chover até o fim de abril é baixa, mesmo com a passagem de uma frente fria pelo Sudeste, que ajuda a aumentar a umidade na região de Brasília. Verão com menos chuva do que o normal As chuvas do verão ficaram abaixo da média normal em janeiro e em fevereiro, que são o segundo e o quarto mês mais chuvoso do ano. O que chamou a atenção foi a pouca chuva em janeiro. O Inmet registrou quase 127 milímetros de chuva nos 31 dias do mês, mas a média normal é de 241 milímetros. A chuva de março ficou acima da média e acabou compensando a chuva que faltou nos dois outros meses. O período seco está começando e agora, qualquer dia menos seco no Distrito Federal é até comemorado. O índice de 30% de umidade relativa do ar registrado nesta tarde na região do aeroporto é o limite superior da faixa de atenção, pelos padrões da OMS - Organização Mundial da Saúde, mas é até "alto" para o que costuma ocorrer normalmente na época de seca. Com a falta de chuva por semanas e semanas seguidas, o ar vai ficando cada vez mais ressacado e empoeirado, causando vários problemas à saúde da população do Distrito Federal. Índices de umidade relativa abaixo dos 30% serão cada vez mais frequentes no decorrer do outono e no inverno