Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Cantareira chega aos 14%

11/03/2015 às 11:04
por Josélia Pegorim

Atualizado em 12/03/2015 às 09h15

Segundo os últimos registros da Sabesp, o Sistema Cantareira finalmente atingiu a marca de 14% na manhã desta quinta-feira (12). A marca era a mencionada pelo Governo Estadual para a não ocorrência de um racionamento formal mais severo. Porém, esta marca ainda está dentro da porção de água da reserva técnica (volume morto). Há um ano, em 12 de março de 2014, o nível do Cantareira estava em 15,7%, mas com água do volume útil. Em 27 de março de 2014, o nível do Cantareira era de 14%, mas ainda dentro do volume útil.

 

Em 12 dias, segundo a Sapesp, o Cantareira acumulou 131,5 mm de chuva, sendo que a média normal para março é de 178,0 mm.  É a segunda maior quantidade de chuva acumulada entre os seis mananciais que abastecem a Grande São Paulo, abaixo apenas do Sistema Rio Claro que acumulou 141,8 mm em 12 dias.

Cantareira sem queda há mais de um mês O nível de armazenamento do Sistema Cantareira vem tenho elevação ou estabilidade há mais de um mês. A última queda, de 0,1%, ocorreu entre os dias 31 de janeiro e 1 de fevereiro. O gráfico mostra o comportamento do nível do Cantareira desde o dia primeiro de janeiro de 2015. O vermelho indica queda em 24 horas, o amarelo, estabilidade, e o roxo representa elevação do nível de um dia para o outro. Dívida hídrica poderá ser paga até o fim de março O armazenamento de 14,0% repõe a cota de 10,7% de água do volume morto que foi acrescida em 24 de outubro de 2014 e 3,30% da cota de 18,5% disponibilizada em 15 de maio de 2014. Faltam 15,2% para repor o total de 29,2% das duas cotas juntas.   Mantendo a taxa diária de 0,2% de elevação do nível, os 15,2% faltantes para saldar o empréstimo da água do volume morto poderiam ser alcançados antes do fim de março. Nos próximos 15 dias, as pancadas de chuva ainda vão ocorrer, porém menos volumosas e menos frequentes do que nos últimos dias. O nível de todos os reservatórios pode subir mais.       Confira a previsão de chuva para o Brasil para 15 dias 14% não paga a dívida do volume morto