Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Cantareira só terá chuva no fim do maio

15/05/2015 às 12:41
por Josélia Pegorim

Este 15 de maio de 2015 marca um ano do primeiro "empréstimo" de água da reserva técnica (volume morto) do sistema Cantareira feito para a população da Grande São Paulo. Em 15 de maio de 2014, a Agência Nacional das Águas (ANA), órgão do governo federal, autorizou o uso de uma cota de 18,5% (em relação ao volume útil) de água. Embora o empréstimo formal  tenha sido feito em há um ano, esta água efetivamente só começou a ser usada a partir de 12 de julho de 2014, quando tecnicamente houve o "zeramento" da água do volume útil.

Em 24 de outubro de 2014 foi autorizada uma segunda cota de 10,7% de água do volume útil. Estas duas cotas de água, num total de 29,2%, são das reservas técnicas das represas Jaguari (primeira cota) e Cachoeirinha (segunda cota).

Atualmente o sistema Cantareira opera abaixo dos 20%, já com a utilização da segunda cota da reserva técnica. O nível de armazenamento atingiu o máximo de 20,1% em 21 de abril, manteve-se assim até o dia 27 de abril de 2015 e no dia 28 de abril teve a primeira queda, após 85 dias de elevação ou estabilidade.

O nível atual é de 19,8% de água da reserva técnica. Há um ano o nível do Cantareira estava em 8,2%, ainda com água do volume  útil.

A tendência é de pouca  ou nenhuma chuva para os próximos dias. Só há previsão de chuva moderada sobre as áreas de captação do Cantareira após o dia 25 de maio, quando se espera a passagem de nova frente fria sobre São Paulo.

Previsão de chuva para o Brasil para 15 dias

Vai esfriar mais na segunda quinzena de maio?