Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Cantareira subiu, mas o nível ainda é preocupante.

08/03/2014 às 11:09
por Josélia Pegorim

Segundo a Sabesp, choveu 36,1 mm de sexta para sábado, 8,  e a reserva de água no Sistema Cantareira subiu para 16,0%. O aumento foi de 0,2% em relação ao observado na manhã de 7 de março de 2014. O Sistema Cantareira é um conjunto de reservatórios e o principal fornecedor de água para capital paulista e a Grande São Paulo. Foi a segunda vez este mês que o armazenamento aumentou em 24 horas, ao invés de baixar.  Há uma semana, entre os dias 28 de fevereiro e 1 de março, a reserva de água também aumentou 0,2% depois de receber um volume de chuva de 39,2 mm.

O volume de chuva que vem caindo sobre o Cantareira tem estado muito abaixo da média mensal normal desde novembro de 2013. Apenas em outubro de 2013, a quantidade de chuva ficou perto da média. O total de chuva que caiu sobre o Cantareira do início de outubro de 2013 até a manhã de 8 de março de 2014 foi de aproximadamente 528 mm, que correspondem a 45% de média de chuva de outubro a março. Apesar da chuva forte recente, a quantidade de água que o Cantareira tem atualmente ainda está muito abaixo do normal. No ano passado, nesta mesma época, o armazenamento era de 57,1%. Os dois eventos de aumento do armazenamento, entre 28 de fevereiro e 1 de março, e entre 7 e 8 de março de 2014 estão associados a passagens de frente frias que ajudaram a formar grandes e fortes áreas de instabilidade. A próxima frente fria deve se aproximar de São Paulo entre 12 e 13 de março, mas com pouca força. Só há expectativa de outro evento de chuva volumosa sobre o Cantareira nos últimos dias do verão, entre 19 e 21 de março.