Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Caos em Belo Horizonte: chuva desta quinta-feira está sendo a mais intensa desde março de 2009

15/12/2011 às 13:34
por Josélia Pegorim

ong>Caos em Belo Horizonte: chuva desta quinta-feira está sendo a mais intensa desde março de 2009 Frente fria fica parada sobre o Sudeste nos próximos dias e provoca mais chuva Não foi a primeira vez e nem será a última que a Grande Belo Horizonte tem problemas com a chuvarada em dezembro, tradicionalmente um mês de muita chuva na região. Mas as nuvens abriram todas as torneiras no começo da tarde de ontem e até por volta das 13 horas de hoje, ninguém sabia como fechá-las. A quantidade de chuva acumulada sobre o centro de Belo Horizonte entre 10 horas do dia 14 e 10 horas de 15 de dezembro foi de 91,4 milímetros, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a mais intensa de 2011 e também o maior volume acumulado em 24 horas, desde meados de março de 2009. Entre 16 e 17 de março de 2009 choveu 102,8 milímetros. No ano passado, a chuva mais intensa em 24 horas foi de 75,5 milímetros, entre os dias 22 e 23 de novembro. O total de chuva acumulada no centro da capital mineira nesta primeira quinzena de dezembro, só até 10 horas desta quinta-feira, porque a chuva continuou sem trégua nas horas seguintes, já era praticamente a média para dezembro. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, em 15 dias Belo Horizonte recebeu quase 318 milímetros de chuva e a média para dezembro, a maior do ano, é de 319 milímetros. Num outro ponto da cidade, na região da Pampulha, o Inmet registrava 168 milímetros de chuva acumulados entre  o meio-dia de ontem e o meio-dia de hoje. Este número é tão grande, para um período de 24 horas, que impressiona e assusta até mesmo meteorologistas experientes. Frente fria fica parada sobre o Sudeste nos próximos dias e provoca mais chuva O aumento da chuva nesta quinta-feira está associado a uma nova frente fria que avança sobre Sudeste do Brasil. Desde ontem, a circulação de ventos nos nível elevados da atmosfera já favorável ao crescimento de grandes áreas de chuva sobre o centro-oeste e sul de Minas Gerais, incluindo a Grande Belo Horizonte. A situação da região da capital mineira é crítica, pois choveu acima do normal em outubro e em novembro. Os solos já estão com muita água acumulada. A previsão é de mais chuva para os próximos dias, com alerta para alagamentos e transbordamento de córregos na Grande Belo Horizonte. O risco de deslizamentos é alto. Até a segunda-feira, ainda há risco de chuvas fortes e volumosas.