Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva aumenta no Paraná e em Mato Grosso do Sul

18/01/2011 às 13:43
por Josélia Pegorim

As
reas de instabilidade sobre o Brasil enfraqueceram sobre Minas Gerais e sobre o Rio de Janeiro, mas ganharam força sobre São Paulo, Paraná e o Mato Grosso do Sul. Nos próximos dias, as condições meteorológicas devem continuar favoráveis a formação e a manutenção destas nuvens carregadas que provocam chuva volumosa. Em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, o Instituto Nacional de Meteorologia mediu quase 114 milímetros de chuva acumulados no período entre 13 horas de segunda e 13 horas de terça-feira. Deste total, 82 milímetros ocorreram entre 9 horas e meio-dia de terá-feira, o que indica que a chuva foi constante e muito forte neste período. A passagem de nuvens muito carregadas sobre a região de Corumbá, na fronteira de Mato Grosso do Sul com a Bolívia também provocou muita chuva. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, entre 10 horas de segunda e 10 horas de terça-feira, dia 18 de janeiro, choveu 102 milímetros de chuva. A média normal para janeiro é de aproximadamente 207 milímetros. O total de chuva acumulado desde o dia 1 de janeiro até 10 horas do dia 18 estavam em torno de 170 milímetros. As áreas de instabilidade que estão sobre o Centro-Oeste e o Paraná são parte da Zona de Convergência do Atlântico Sul e se intensificaram neste início de semana sobre o Mato Grosso do Sul, Paraná e São Paulo. Pelo menos até a próxima sexta-feira, a chuva será frequente nestes Estados e o risco de chuvas fortes é alto.