Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva cai forte sobre o Nordeste

23/02/2015 às 21:23
por Josélia Pegorim

Chuv
as volumosas voltaram a ser registradas em diversas áreas do Nordeste neste início de semana. Pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia choveu 104,6 mm sobre Parnaíba, no litoral do Piauí, entre 20 horas do dia 22 e 20 hora do dia 23 de fevereiro. No mesmo período, choveu 68,4 mm sobre Jacobina, na Bahia, mas quase toda a chuva caiu na tarde desta segunda-feira. Em Turiaçu, no litoral do Maranhão, foram acumulados 99,5 mm entre 9 horas do domingo e 9 horas desta segunda-feira. Na semana passada, entre os dias 18 e 19, cidade maranhense de Bacabal recebeu quase 144 mm de chuva e sobre Caxias caíra, 133 mm. No Carnaval, a chuva causou transtornos em Maceió, Recife e em Fortaleza.   Nordeste pode esperar por mais chuva em março? Os meses de março e abril marcam o pico do período chuvoso na porção norte do Nordeste e também em parte do Norte do Brasil. Fevereiro deve terminar com chuva abaixo da média, apesar da chuva forte que vem ocorrendo na última semana. Qual a expectativa para o restante do período chuvoso no Nordeste? A Zona de Convergência Intertropical (ZCIT) ainda poderá trazer chuvas volumosas para a Região? Confira a análise do meteorologista Alexandre Nascimento em conversa com a meteorologista Josélia Pegorim.     VCAN provoca chuva no Nordeste As áreas de instabilidade estão sendo geradas pela atuação de um vórtice ciclônico de altos níveis (VCAN), fenômeno meteorológico relativamente comum no verão. Apesar de fortes, as chuvas que estão ocorrendo sobre o Nordeste não são generalizadas e não há garantia de que caiam sobre os açudes. O quadro de seca infelizmente não se altera. Até a quarta-feira, as pancadas vão continuar ocorrendo no litoral e interior de todos os estados e podem ser fortes e com raios. Porém, as áreas de instabilidade enfraquecem a partir de quinta-feira diminuindo as condições para chuva. Risco de chuva forte entre o Natal e Recife Há uma preocupação com a intensificação das áreas de instabilidade que já entre Natal e Recife. Estas duas capitais, João Pessoa, e as demais áreas no leste do Rio Grande do Norte, da Paraíba e de Pernambuco devem ficar em atenção para a chuva forte e volumosa entre esta terça-feira e tarde de quarta-feira. Nos mapas, as manchas em amarelo, laranja e vermelho entre o litoral do Rio Grande do Norte e o litoral de Pernambuco representam chuva moderada a forte.   O que é o VCAN? O VCAN é uma circulação especial de ventos observada em torno dos 10 mil metros de altitude. Os ventos giram no sentido horário em torno de um centro fazendo um círculo completo de 360 graus. Mas este movimento horário do ar ocorre numa grande área. As nuvens crescem na parte que está longe do centro do VCAN. Nas imagens de satélite é possível perceber este giro horário provocado pelo VCAN observando o movimento das nuvens que estão na costa leste do Nordeste. Repare como as bandas de nuvens tendem a  girar da esquerda para a direita.     Usar a água do mar dessalinizada é uma boa opção para a crise de água no Brasil? Falta de chuva aumenta a procura por energia solar Dê seu depoimento na campanha BR: vida sem água