Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva de julho em BH triplicou a média

27/07/2014 às 11:49
por Josélia Pegorim

n style="font-size: 13px;">A grande e forte frente fria que invadiu o Brasil nestes últimos dias de julho provocou uma quantidade de chuva excepcional, muito acima do normal para esta época do ano. O excesso de umidade foi marcante especialmente no Sudeste e no Centro-Oeste, onde julho é quase sempre sinônimo de seca, dias ensolarados, de umidade do ar muito baixa. Por causa da passagem desta frente fria, julho de 2014 vai ficar guardado na memória da maioria da população destas Regiões por causa de sua chuva. Um dos melhores exemplos desta situação foi o observado sobre o centro-oeste e sul de Minas Gerais. Há 10 anos Belo Horizonte não tinha tanta chuva em julho como está tendo neste ano. Entre os dias 25 e 27 de julho de 2014 choveu 39,2 mm na região central da cidade, a maior quantidade de chuva em julho desde 2004, quando acumulado chegou aos 40,2 mm. A média de chuva para julho em Belo Horizonte fica em torno dos 13 mm. Ainda pode chover um pouco mais nesta segunda-feira e depois o tempo volta a secar.   Recorde de frio Tempo chuvoso, falta de sol e ar polar. A combinação destes três fatores derrubou a temperatura em Belo Horizonte nos últimos dias e a capital mineira bateu o recorde de tarde mais fria do ano pode dois dias consecutivos. Na sexta-feira, 25 de julho, a temperatura máxima foi de 20,5°C e no sábado, 26 de julho, a máxima foi de 17,9°C, a menor do ano. Os dados são do Instituto Nacional de Meteorologia medidos na estação meteorológica de Santo Agostinho, no centro-sul da cidade. A temperatura começa a subir nesta segunda-feira e chuva para de vez na terça. A semana pode terminar com recorde de madrugada mais fria do ano devido a diminuição da nebulosidade. As tardes ficam mais quentes.