Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva e frio avançam sobre o centro-sul do BR

07/05/2010 às 16:49
por Josélia Pegorim

A ch
uva e o vento frio de uma frente fria derrubaram a temperatura em Ponta Porã, na fronteira de Mato Grosso do Sul com o Paraguai. Toda a região está chuvosa desde a madrugada. A temperatura às 15 horas era de apenas 19ºC. Ontem, a esta hora, o calor chegava aos 31ºC. O total de chuva acumulado até as 15 horas de hoje chegava aos 60 milímetros, segundo as medições do Instituto Nacional de Meteorologia. Em Miranda, também já choveu muito nesta sexta-feira e o acumulado chegava aos 46 milímetros, até 15 horas desta sexta-feira.

Muita chuva no Paraná e em Santa Catarina

Esta frente fria que já mudou o tempo em muitas áreas de Mato Grosso do Sul também vem provocando chuva volumosa e forte queda de temperatura no Sul do Brasil nesta sexta-feira. Segundo as medições do Instituto Nacional de Meteorologia, do começo da madrugada até 15 horas, Clevelândia, no Paraná, acumulava 74,2 milímetros de chuva. Nas medições do SIMEPAR, órgão de acompanhamento meteorológico do governo do Paraná, até 13 horas desta sexta-feira, choveu 55 milímetros e. Pato Branco, 47 milímetros em Palmas e 59 milímetros União da Vitória. Em Santa Catarina, conforme o Instituto Nacional de Meteorologia, choveu 71,2 milímetros em Novo Horizonte até 15 horas. Outras localidades no oeste e no planalto catarinense como Joaçaba, São Miguel do Oeste, Caçador e Major Vieira acumulavam de 35 a 45 milímetros, em média, até as 15 horas desta sexta-feira. Vale lembrar que todas estas regiões do Paraná e de Santa Catarina receberam volumes de chuva entre 100 e 200 milímetros entre os dias 21 e 26 de abril, o que causou o transbordamento de rios e grandes alagamentos. A frente fria continua provocando chuva na noite de hoje e também no sábado em Mato Grosso do Sul e em praticamente todas as áreas de Santa Catarina e do Paraná. O sistema avança em direção a São Paulo e toda as regiões paulistas ficam sujeitas a chuvas e ventos fortes no decorrer deste sábado.

Temperatura em acentuado declínio

A chuva, a nebulosidade e o ar polar que avança com força sobre o Sul do Brasil causaram uma forte queda da temperatura em 24 horas. Por volta das 16 horas desta sexta-feira, os termômetros não superavam os 16ºC na maioria das áreas do Rio Grande do Sul. Valores entre 18ºC e 20ºC ainda eram observados na região de Porto Alegre, no litoral e em algumas localidades no oeste gaúcho. Situação semelhante ocorria em Santa Catarina Em Porto Alegre, a temperatura na quinta-feira chegou aos 25ºC e hoje não passou dos 19ºC. Em Florianópolis, a temperatura hoje não passou dos 22ºC, mas ontem chegou aos 26ºC. Esta massa polar pode ser considerada a mais forte de 2010, até agora. O ar polar continua se espalhando sobre o Sul do Brasil e o Mato Grosso do Sul no fim de semana e as temperaturas vão baixar ainda mais. A sensação de frio será muito grande no sábado e no domingo, pois além da falta de sol, o vento polar vai soprar constante, à vezes com moderada a forte intensidade. A sensação térmica será de temperaturas bem menores do que os termômetros vão indicar. Um “calor” de 20ºC será privilégio de pouquíssimas áreas no Sul do Brasil neste fim de semana. Vai esfriar muito também em Mato Grosso do Sul. Em São Paulo, no Rio de Janeiro, no sul de Minas Gerais, no oeste e sul de Mato Grosso, inclusive em Cuiabá, a temperatura cai muito no domingo e a sensação será de frio o dia todo. O frio vai chegar a Rondônia, Acre e sul do Amazonas no domingo.

Geada

No fim de semana, apesar das baixas temperaturas esperadas no Sul do Brasil e em Mato Grosso do Sul, também teremos um excesso de umidade e de nuvens. Não há condições para geada. Mas a ocorrência de geada não poderá ser completamente descartada a partir da madrugada de segunda-feira, pois a nebulosidade tende a diminuir e o frio será ainda maior.