Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva forte e ventania no Sul

12/04/2014 às 10:30
por Aline Tochio

Uma
frente fria que se formou no Sul do Brasil neste sábado e um ciclone extratropical no mar, entre Argentina e Uruguai, estão avançando pela Região e já provocaram bastante chuva nas últimas 24 horas. No Rio Grande do Sul a chuva mais intensa ficou concentrada nas áreas do norte e noroeste do Estado. De acordo com medições do INMET, entre 09 horas da manhã de sexta-feira (11) e 09 horas da manhã deste sábado (12), os acumulados de chuva chegaram a 167 milímetros em Santa Rosa, 157 milímetros em Santo Augusto, e 105 milímetros em Frederico Westphalen. Em Passo Fundo e em Cruz Alta a chuva acumulou entre 70 e 75 milímetros nesse período. Em várias outras áreas da serra e do planalto gaúchos choveu entre 50 e 70 milímetros. Neste sábado as nuvens mais carregadas estão passando sobre o nordeste do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e no centro-sul do Paraná, como mostra a imagem de satélite abaixo, das 8h45 (horário local). Também no período entre 09 horas de sexta e 09 horas de sábado, havia chovido 75 milímetros em São Miguel do Oeste, 50 milímetros em Xanxerê e 48 milímetros em Dionísio Cerqueira, no meio-oeste catarinense. Ao longo deste sábado essa instabilidade continua avançando e há risco de temporais nas áreas da serra entre RS e SC, em todo o centro-leste de SC e no Estado do Paraná. Rajadas de vento Por causa da presença de um ciclone extratropical no mar, as rajadas de vento estão intensas nos três Estados, principalmente na região serrana entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Pelas medições das estações automáticas do INMET, uma rajada de vento chegou a 113 km/h nesta manhã no Morro da Igreja, em Bom Jardim da Serra, serra catarinense. Na serra gaúcha, São José dos Ausentes registrou 90 km/h às 09 horas. Em Torres, litoral norte gaúcho, uma rajada chegou a 81 km/h. De forma geral, as rajadas estão variando entre 60 e 80 km/h nas outras áreas do Sul, e ainda continuam intensas ao longo deste fim de semana. A imagem abaixo mostra a projeção do campo de pressão atmosférica no Brasil. É possível ver o aprofundamento do ciclone extratropical no oceano, na altura da Argentina e o Uruguai. O centro deste sistema vai ficar ainda mais forte neste domingo, com valores de pressão em torno de 970 hPa. Por isso as rajadas de vento vão continuar acontecendo também neste domingo nos três Estados do Sul. Queda de temperatura Além da queda de temperatura por causa do excesso de nuvens e da chuva, neste domingo uma nova massa de ar polar entra no Rio Grande do Sul. As temperaturas despencam ao longo da madrugada e o dia pode começar com geada na região de Uruguaiana, no oeste gaúcho. Na segunda-feira o frio aumenta. Praticamente todo o Rio Grande do Sul e Santa Catarina amanhecem com temperaturas abaixo de 10ºC. A geada acontece também nas áreas de planalto de serra desses Estados.