Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva não para no Paraná

18/06/2012 às 15:46
por Josélia Pegorim

Mais
uma frente fria está passando devagar sobre o Paraná provocando chuvas volumosas e prolongadas. Em grande parte do Paraná, inclusive em Curitiba, chove quase se parar desde a tarde de ontem. Em Curitiba, a chuva acumulada em 18 dias de junho de 2012 já é quase dobro da média normal. Isto não significa que choveu todos os dias. Mas em alguns dias, a chuva foi foi volumosa. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, entre 1 e 18 de junho, a capital do Paraná acumulou aproximadamente 195 milímetros de chuva. Deste total, quase 107 milímetros caíram entre os dias 4 e 5 de junho. A média normal de chuva para junho em Curitiba fica em em torno dos 98 milímetros. Pelo levantamento do Simepar, órgão de monitoramento meteorológico e ambiental ligado ao governo do Paraná, só nesta segunda-feira, até o começo da tarde, algumas áreas no oeste paranaense acumularam mais chuva do que normalmente cai durante todo o mês de junho. Foi o que aconteceu em Toledo, onde choveu quase 121 milímetros, entre meia-noite e 14 horas desta segunda-feira, e a média normal de chuva é de aproximadamente 111 milímetros. O mapa abaixo mostra o volume de chuva acumulado sobre o Estado do Paraná, conforme levantamento do Simepar. Note que as áreas em vermelho escuro representam acumulados maiores do que 100 milímetros.   Previsão de mais chuva para as próximas 48 h Este excesso de chuva sobre o Paraná já vinha sendo esperado há alguns dias.  As áreas de instabilidade permanecem bloqueadas sobre o Paraná ate a quarta-feira. Até lá, a frente fria que chegou ao Estado será reforçada. A chuva começa a diminuir durante a quinta-feira em áreas do centro-oeste e sul do Paraná, onde hoje, amanhã e quarta-feira ainda chove muito. A situação é de alerta porque o grande volume de chuva acumulado que pode encharcar o solo e gerar deslizamento de terra, além de transbordar trechos de rios, córregos e causar alagamentos em centros urbanos. A chuva e a presença do ar polar deixam a temperatura baixa, mas não há frio suficiente para geada esta semana.