Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva volumosa para SC, PR, SP e MS

24/09/2014 às 21:00
por Josélia Pegorim

A primeira frente fria da primavera trouxe temporais para os três estados do Sul e também para algumas regiões de São Paulo e de Mato Grosso do Sul. A chuva forte com ventania começou na noite de terça-feira pelo Rio Grande do Sul. Na madrugada desta quarta-feira, 24, nuvens carregadas avançaram sobre Santa Catarina e Paraná e no fim da manhã já estavam provocando temporais em Mato Grosso do Sul e em São Paulo.

Entre 19h do dia 23 e 19h de 24 de setembro, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 62,8 mm em Sete Quedas, sul de Mato Grosso do Sul, 52,8 mm em Dionísio Cerqueira, oeste de Santa Catarina, 52,4 mm em Marechal Cândido Rondon, oeste do Paraná, 51 mm em Planalto e 50,4 mm em Foz do Iguaçu, as duas cidades no sudoeste do Paraná. Em São Paulo, o maior volume de chuva acumulado neste período, onde o Inmet tem instrumento de medida, foi em Rancharia, com 30,6 mm.

Mais chuva

As imagens de satélite mostram que muitas nuvens carregadas ainda estão crescendo entre o Mato Grosso do Sul, São Paulo e Santa Catarina. As pancadas de chuva vão continuar nesta quarta-feira e ainda por vários dias. Até a segunda-feira pode-se esperar por vários temporais em diversas áreas destes estados.

O mapa mostra o volume de chuva estimado até o dia 29 de setembro. Os tons de verde brilhante e indicam mais de 100 mm acumulado no período. O verde escuro indica mais de 200 mm.

A frente fria que iniciou esta nova onda de temporais chegou ao litoral paulista e se afasta para alto-mar. Há um bloqueio na atmosfera que vai forçar a formação de mais áreas de instabilidade entre Mato Grosso do Sul, São Paulo e Santa Catarina. A meteorologista Josélia Pegorim explica esta situação.