Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Ciclone extratropical se afasta da Região Sul

08/07/2015 às 23:12
por Josélia Pegorim

A pressão atmosférica teve acentuada queda entre o Paraguai e o Sul do Brasil na quarta-feira, 8 de julho de 2015, o que gerou a formação de um ciclone extratropical.

As nuvens carregadas provocaram chuva forte e volumosa em áreas do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina e também fortes rajadas de vento. Na região do Morro da Igreja, em Bom Jardim da Serra, o Inmet mediu rajadas de até 92 km/h na madrugada desta quinta-feira.

 

 

O movimento dos ventos no sentindo horário, característico do centro de baixa pressão atmosférica, pode ser visto pela tendência de movimento em espiral e circular que as nuvens fazem sobre na região entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina.

 

 

O centro da baixa da pressão (B) alcançou o mar na madrugada do dia 9 de julho, na altura do litoral do Rio Grande do Sul. No decorrer do dia, o centro da baixa se desloca sobre o oceano e afasta do litoral gaúcho.

 

A chuva para, mas até a tarde desta quinta-feira este ciclone extratropical poderá provocar rajadas de vento moderadas sobre o Sul do Brasil, especialmente no leste e nordeste do Rio Grande do Sul e no sul de Santa Catarina. Nesta sexta-feira, o centro de baixa pressão atmosférica do ciclone já estará longe do Brasil e não há mais risco de ventania e de chuva forte.

 

Você sabia que ciclones extratropicais são muito comuns no Brasil e na América do Sul?

Veja o Explicando o Tempo: Saiba tudo sobre ciclones extratropicais

 

Acompanhe a previsão para Porto Alegre

 

Torres, no litoral gaúcho, terá ventos acima de 40 km/h

 

Ventos fortes também m Araranguá, no sul de Santa Catarina

 

Como se forma um furacão?