Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Como fica o tempo nesta semana?

21/06/2015 às 17:01
por Michele Fernandes

A massa de ar seco polar, que derrubou as temperaturas em grande parte do País desde o final da última semana, já perdeu força e se deslocou para o oceano. Por isso as temperaturas já voltaram a se elevar no Sul, Sudeste e também no Centro-Oeste e no sul da região Norte. Mas será que na próxima semana, as temperaturas ficarão mais elevadas ou voltarão a cair?

Confira a previsão para a próxima semana no Brasil!

CENTRO-OESTE

Uma forte massa de ar seco vai predominar sobre todos os Estados da Região nesta semana, garantido dias ensolarados, com calor à tarde e umidade baixa. As temperaturas já ficam mais amenas durante as manhãs, principalmente no sul de Mato Grosso do Sul, onde, na última semana, foram registradas temperaturas um pouco abaixo dos 10°C. A expectativa agora, é que tenhamos temperaturas mais baixas em outro Estado: Goiás. Goiânia e Brasília podem bater recorde de menores temperaturas mínimas nesta semana; são esperados 11 °C para Brasília na manhã do da terça-feira e apenas 13 °C para Goiânia, na quarta-feira. Quanto às máximas, ficarão elevadas na Região - de maneira geral - se aproximando novamente dos 30 °C.

NORTE

Ao longo desta semana, o tempo deve ficar mais instável no norte da Região, enquanto no sul, uma massa de ar seco ainda predomina. Tocantins, Rondônia, o sul do Pará, do Amazonas e o Acre terão uma semana com tempo firme. Até volta a chover no Acre e no norte de Rondônia, mas de forma bastante localizada. Já o norte do Amazonas, Roraima e o litoral do Amapá, podem ter elevados acumulados de chuva nesta semana. O tempo segue abafado e quente, sem quedas acentuadas de temperatura, como aconteceu na última semana.

NORDESTE

O tempo não muda muito na região Nordeste. O interior da Região continua sob a influência de uma forte massa de ar seco, que inibe a formação de nuvens, principalmente as de chuva, garantindo dias ensolarados, com temperaturas elevadas à tarde e umidade um pouco abaixo dos 30%. Já no litoral o tempo deve ficar muito instável. Áreas de instabilidade que se formaram no mar, devem avançar ao longo desta semana sobre o litoral leste e norte, provocando chuva forte e volumosa, principalmente no litoral de Pernambuco, da Paraíba e do Rio Grande do Norte e no Recôncavo Baiano.

SUDESTE

A semana começa quente em grande parte da Região. Os dias ainda começam friozinhos, mas as tardes já serão mais quentes. A partir da quarta-feira, a temperatura volta a cair em grande parte de São Paulo, no Rio de Janeiro, Espírito Santo, sul e leste mineiros, devido à influência dos ventos marítimos, associados a um novo sistema de alta pressão atmosférica, de origem polar. Não teremos um frio tão intenso quanto o da semana passada, mas a semana já deve terminar com temperaturas um pouco mais baixas.

SUL

A semana começa abafada e com chuva em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. No Paraná, apesar do calor, só há expectativa de chuva no litoral; o interior deve continuar com tempo firme, devido à influência de uma forte massa de ar seco. Entre terça-feira e quarta-feira, as temperaturas voltam a cair um pouco no Sul, devido à influência de uma nova massa de ar polar, mas a queda não será tão brusca quanto na semana anterior, e por volta da quinta-feira já volta a esquentar.

Na figura a seguir, podemos ver os acumulados de chuva entre os dias 22 e 26 de Junho no País. Observa-se que os maiores acumulados de chuva se concentram no litoral leste e norte do Nordeste, bem como em Roraima, norte do Amazonas e do Pará. A chuva ocorre de forma significativa também no litoral do Espírito Santo. Nestas áreas, os acumulados devem variar, de maneira geral, entre 30 e 50 mm, com picos que podem atingir entre 70 e 100 mm no litoral do Maranhão e de Pernambuco. No extremo norte do Amazonas, os acumulados podem chegar a até 100 mm.

Chuva acumulada da semana