Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Como o El Niño vai influenciar o Brasil?

08/05/2015 às 11:18
por Josélia Pegorim

O
trong>El Niño está aí. Os principais centros de análise e monitoramento do clima no planeta já concordam que todas as condições técnicas para o estabelecimento do fenômeno estão sendo observadas. A expectativa é de que antes do fim de maio se anuncie a confirmação definitiva de um novo evento El Niño. Embora o fenômeno ocorra no oceano Pacífico, na região entre a Austrália, a Indonésia e a costa oeste da América do Sul, o El Niño interfere nas características climáticas de várias regiões do planeta. Os efeitos variam de uma região para outra. O El Niño pode trazer chuva ou seca. Pode fazer com que uma estação do ano fique mais quente do que o normal.   A intensidade dos efeitos varia conforme a intensidade e o tipo do fenômeno. Há o El Niño Canônico e o El Niño Modoki. As consequências de um El Niño Canônico são mais definidas, melhor determinadas. Os principais efeitos no Brasil são o aumento da chuva na Região Sul e diminuição da chuva no Nordeste. Já quando ocorre um Modoki, expressão que quer dizer “parecido, mas não igual”, os efeitos no clima são suavizados. O El Niño está aí, mas por quanto tempo ele vai atuar? Qual o tipo de El Niño que está sendo esperado? Será forte ou fraco? Em quais estações do ano o fenômeno vai influenciar o Brasil? Você vai saber todas as respostas na conversa entre as meteorologistas da Climatempo Josélia Pegorim e Patricia Madeira, que é especialista em análise e previsão climática. Confira!     Entenda o fenômeno El Niño Como fica o frio de 2015 com um El Niño Um El Niño poderia aliviar a seca da Califórnia? Climatempo Consultoria