Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Confira a previsão para o domingo de eleição

29/09/2010 às 17:22
por Redação

No d
omingo, dia 3 de outubro, milhares de brasileiros vão as urnas escolher seus governantes e representantes do país. Mas, depois de decidir bem quem vai comandar a nação é preciso saber como vai estar as condições do tempo durante a votação em todas as regiões do Brasil. No nordeste, a presidenciável Dilma Rousseff (PT) abriu grande vantagem em cima do segundo colocado nas pesquisas. Segundo o Datafolha, ela está com 59% das intenções de voto, enquanto José Serra (PSDB) e Marina Silva (PV) estão com 19% e 11%, respectivamente. Ali, o tempo não deve prejudicar a votação. O domingo será de muito calor e sol forte o dia todo, com chuva rápida apenas em Aracaju, Maceió, Recife e no agreste pernambucano. Os conterrâneos de Marina Silva da região norte devem encarar calor intenso e pancadas de chuvas no dia da eleição. A fumaça das queimadas deve continuar se espalhando e o nível dos rios segue muito baixo, o que deve prejudicar o transporte dos eleitores, que é feito normalmente através de canoas e barcos. Nas cidades de Rondônia, que fazem divisa com a Bolívia, o céu nublado predomina e as pancadas de chuvas podem ser fortes. O sul do Amazonas também pode ser prejudicado pelas pancadas de chuvas nas cidades de Humaitá e Labrea e nas capitais de Rio Branco e Porto Velho. Nas demais capitais, o tempo será de muito calor, com sol forte e pancadas de chuva a tarde e a noite. Assim como no norte, o centro-oeste é onde a candidata do PT leva bastantes vantagens em cima dos demais presidenciáveis e, também, é a região onde Marina Silva tem mais intenções de votos, totalizando 17%. No domingo, os eleitores devem se preparar e não se esquecer do guarda-chuva, pois o aumento da umidade vai causar grandes mudanças no tempo. A previsão é de mais chuva para o Distrito Federal. As cidades do Mato Grosso devem sofrer com a grande quantidade de chuva. Além disso, uma nova frente fria deve avançar pelo Centro-sul indo em direção ao Centro-oeste e forçando o aumento de chuvas sobre o estado de Mato Grosso do Sul. As fortes chuvas na região devem vir acompanhadas de raios e ventos que podem atrapalhar o deslocamento dos eleitores, principalmente nas capitais Campo Grande e Cuiabá. Já nas outras áreas de Mato Grosso, Distrito Federal e Goiás, o tempo abafado deve predominar, com sol e pancadas de chuva. O sudeste é a região que detém os maiores colégios eleitoral do país. O estado de São Paulo vem em primeiro com mais de 28 milhões de eleitores, Minas Gerais vem atrás com mais de 13 milhões e o Rio de Janeiro está em terceiro com 10 milhões.  Depois de três meses de seca, a chuva voltou na maioria das áreas para aliviar, mas no dia das eleições elas devem se intensificar e causar transtornos para os eleitores. Uma nova frente fria avança pelo litoral do Sudeste para o Espírito Santo, deixando o tempo ainda mais instável. O domingo será marcado por várias pancadas de chuva que podem ser fortes, principalmente em todo o estado do Rio de Janeiro, sul de Minas, zona da mata e no triângulo mineiro. No estado de São Paulo, o tempo fica nublado, com chuva e temperatura baixa, e pode chover forte. Em Belo Horizonte, Vale do Rio Doce, e em quase toda parte do Espírito Santo, o dia será quente com sol na maior parte do dia, mas com previsão de chuva a tarde e a noite. O tempo fica seco no Vale do Jequitinhonha, no norte do Espírito Santo – próximo a São Mateus – e no noroeste de Minas Gerais – onde fica Montes Carlos. A dica para os eleitores paulistas, cariocas, mineiros e capixabas é sair de casa com o guarda-chuva. Já no sul do Brasil, onde Dilma Rousseff e José Serra seguem praticamente empatados, a semana começou chuvosa com até tempestades de granizo no Paraná. Para este final de semana, uma nova frente fria avança pelo litoral, mas não deve trazer muita chuva ao Rio Grande do Sul nem para Santa Catarina e os eleitores sulistas não terão grandes problemas no domingo de eleição. No final de semana, a temperatura fica amena e sol prevalece, no domingo, os gaúchos da Grande Porto Alegre e parte dos catarinenses sentirão frio ao amanhecer, porém não há previsão de chuva. No Paraná, a chuva diminui, mas o frio permanece o dia todo.