Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Cuiabá termina fevereiro com quase o dobro da chuva normal

27/02/2010 às 14:33
por Josélia Pegorim

>Grandes volumes de chuva foram registrados em vários locais do Brasil neste final de fevereiro, um mês que foi marcado por recordes de calor e menos de chuva do que normal em muitas áreas do país.
 
 
Segundo as medições do Instituto Nacional de Meteorologia - Inmet, entre 9 horas de sexta-feira e 9 horas deste sábado, 27 de fevereiro, choveu 102,6 mm em Cuiabá, capital de Mato Grosso. Porém, praticamente toda a chuva ocorreu no fim da madrugada e no início da manhã de hoje. A estação medidora automática de Cuiabá registrou 78,8 mm entre 6 e 8 horas da manhã deste sábado.
Fevereiro termina com chuva acima do normal em Cuiabá. O volume normal de chuva para todo o mês de fevereiro é de 199 mm. Do dia 01 de fevereiro até às 09 horas da manhã deste sábado já são quase 350 mm de acumulados sobre a cidade, quase o dobro do normal. A chuva não foi freqüente no decorrer do mês, mas em alguns poucos dias que caiu de forma intensa e acumulou grandes volumes. Um exemplo foi no dia 13, sábado de Caranaval, quando o Inmet registrou um acumulado de 92,4 mm, em menos de 24 horas. Na época, o rio Cuiabá que já estava muito alto acabou transbordando. 
 
No norte matogrossense também choveu muito na região de Vera. O acumulado foi de 60,1 mm. Tanto em Cuibá como em Veral, a chuva forte foi causada por nuvens formadas pelo calor e excesso de umidade, combinado com uma circulação de ventos favorável para o crescimento destas nuvens nestes locais.
 
Ainda na Região Centro-Oeste do país, a chuva foi forte em localidades do Estado de Goiás. Em Goiânia, o acumulado entre 9 horas de ontem e 9 horas de hoje foi de 67,2 mm e em Aragarças de 54 mm. O aumento da instabilidade em Goiás nas últimas 24 horas está associado a passagem da frente fria pelo Sudeste do Brasil.
A primeira quinzena de fevereiro foi marcada por tempo seco e quente no Estado de Goiás. Em Goiânia, as poucas pancadas de chuva que ocorreram até o dia 15 deste mês somaram quase 17 mm de chuva. As pancadas de chuva ficaram mais regulares e volumosas a partir do dia 17. Por conta da chuva forte de ontem para hoje, o total acumulado este mês subiu para aproximadamente 180 mm. A média normal fica em torno de 213 mm.
 
Já em Minas Gerais e no Espírito Santo, a chuva volumosa foi associada a passagem de uma grande frente fria por estes estados, que hoje já está enfraquecida e afastando-se em alto-mar, ao largo do litoral capixaba.
O Inmet registrou 86,2 mm em Araçuaí, localidade no vale do Jequitinhonha que, como outras regiões mineiras, vinha sofrendo os efeitos do calor intenso e a seca. Na última quinta-feira, a temperatura na cidade chegou a 40,5°C. A quantidade chuva que caiu em Araçuaí de ontem para hoje superou a média normal para fevereiro que é de aproximadamente 84 mm. Em outros cinco dias do mês também choveu por lá, mas a quantidade não passou de 20 mm diários. Em janeiro, Araçuaí acumulou quase 50 mm de chuva, mas apenas por conta dos 35 mm que caíram no primeiro dia do mês. A média para janeiro é de 139 mm.
Em Pirapora, no médio São Francisco, choveu 47,3 mm entre 8 horas de sexta e 9 horas deste sábado. No mesmo períodos, Januária (noroeste mineiro) acumulou 31,3 mm.
Belo Horizonte teve um temporal na tarde de sexta-feira que despejou 74,8 mm de chuva entre 15 e 20 horas, pelas medição automática na região da Pampulha. Em outro ponto da cidade, o Inmet registrou 37,3 mm
 
No Espírito Santo, a passagem da frente fria provocou grandes volumes de chuva apenas no sul do Estado, suficientes para acabar com o quadro de seca. Porém, a chuva caiu entre os dias 25 e 26 de fevereiro. Neste período, o Inmet registrou aproximadamente 80 mm acumulados na região de Alegre e 113 mm em Presidente Kennedy. Na região de Alfredo Chaves choveu em torno de 25 mm. Em Vitória, até o começo da manhã deste sábado, o total de chuva por influência da frente fria não passava de 13 mm. O total acumulado desde o início estava perto de 50 mm, sendo que a média para fevereiro fica em torno de 82 mm.
 
No Norte do Pará, a chuva voltou a cair em grandes volumes no norte do Pará. Em Itaituba choveu 63,6 mm e em Óbidos (região de Santarém) choveu 62,5 mm. Em Belém, segundo o Inmet, foram acumulados 56,8 mm. O total acumulado em fevereiro está em torno de 350 mm, perto da média normal que é de aproximadamente 417 mm. Fevereiro é o segundo mês mais chuvoso na capital do Pará. O auge do "inverno", o período mais chuvoso do ano, normalmente é em março, com média de chuva em torno de 436 mm.

FASES DA LUA

  • Minguante
    20/12
  • Nova
    29/11
  • Crescente
    07/12
  • Cheia
    13/12

ESTAÇÕES DO ANO

  • Primavera
    22/09
  • Verão
    21/12
  • Outono
    20/03
  • Inverno
    21/06