Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Curitiba tem novo recorde de frio em 2011

03/05/2011 às 11:22
por Josélia Pegorim

ong>Curitiba tem novo recorde de frio em 2011 Desde o início de agosto do ano passado não fazia tanto frio em Curitiba como ao amanhecer desta terça-feira, 3 de maio. A temperatura mínima hoje foi de 6,7ºC, conforme a medição do Instituto Nacional de Meteorologia. Foi a menor temperatura de 2011, até agora, e também a menor desde o dia 7 de agosto de 2010, quando o frio chegou aos 4,1ºC. Na região do aeroporto internacional Afonso Pena, em São José dos Pinhais, a temperatura chegou aos 6ºC. O aeroporto de Bacacheri, na zona norte de Curitiba teve mínima de 8ºC. O frio intenso foi provocado por forte massa de ar polar que desde ontem começou a influenciar o Sul do Brasil. Os curitibanos sentiram os ventos gelados desta massa polar durante quase toda a segunda-feira, o que impediu uma grande elevação dos termômetros, apesar do sol. Por volta do meio-dia de ontem, o vento chegou aos 35 km/h na região do aeroporto de Bacacheri. A temperatura real do ar era de 17ºC, mas com esse vento, a sensação térmica chegou aos 10ºC. A tarde de ontem foi uma das mais frias deste ano em Curitiba, com máxima de 17,8ºC, segundo o Inmet, o mesmo valor que já havia sido registrado em 20 de março. Frio intenso em todo o Sul do Brasil O ar polar entrou forte na madrugada desta terça-feira em todo o Sul do Brasil derrubando a temperatura. Praticamente todas áreas no interior dos três estados registram temperaturas mínimas abaixo dos 10ºC na madrugada e ao amanhecer de hoje. Segundo o Inmet, a menor temperatura no Paraná foi de 3,1ºC, em São Mateus do Sul, município no sudeste do Estado. Em Santa Catarina, o menor valor de temperatura registrado hoje foi de 3ºC, em Urubici, no alto da serra catarinense. No Rio Grande do Sul, o valor mais baixo foi de 4,4ºC em Uruguaia, no sudoeste gaúcho, na fronteira com a Argentina. Frio aumenta nas próximas 24 horas O frio será ainda mais intenso no Sul do Brasil na madrugada desta próxima quarta-feira. O centro da massa polar, que é a região mais fria do sistema, estará passando sobre o Sul do país, fazendo com que a temperatura fique ainda mais baixa. Além disso, a pouca nebulosidade esperada para a noite de hoje e madrugada de amanhã vai facilitar o resfriamento do ar. A cobertura de nuvens durante o período noturno ajuda a reter o calor na camada de ar entre as nuvens e o solo. Quando não há nuvens, o calor que entrou com sol durante o dia é perdido rapidamente para o espaço. Previsão de geada O resfriamento na madrugada e ao amanhecer desta quarta-feira deve ser intenso suficiente para provocar geada nos três estados do Sul do Brasil. O fenômeno deve ser observado em praticamente todo o interior do Rio Grande do Sul,  nas áreas de serra, planalto e no oeste de Santa Catarina e nas regiões elevadas do sul do Paraná. Para a quinta-feira, a expectativa é de que a geada se forme em áreas de serra, planalto e noroeste do Rio Grande do Sul, em serras, planaltos e no oeste de Santa Catarina e no centro-sul do Paraná. Para a sexta-feira a previsão é de que volte a gear nas áreas de planalto e serra do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina.
publicidade
publicidade

CIDADES RELACIONADAS

Curitiba - PR

15°
min

24°
max

8mm / 60%

Serra - ES

23°
min

34°
max

25mm / 75%