Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Depois do granizo, ar seca na Grande SP

28/11/2012 às 18:33
por Josélia Pegorim

O aq
uecimento e a disponibilidade de umidade na atmosfera geraram uma pequena e intensa área de instabilidade, com nuvens muito carregadas que provocaram queda de granizo e chuva forte na Grande São Paulo e no vale do Paraíba na tarde desta quarta-feira, 28 de novembro de 2012. O granizo foi observado em áreas das zonas oeste, sudeste e leste da capital e no Grande ABCD. Em São Caetano do Sul, as pedras de gelo caíram em grande quantidade e eram enormes. A área de instabilidade avançou rapidamente em direção a Jacareí e São José dos Campos que também registrou granizo. No meio do caminho, o granizo caiu em Santa Isabel. Observe o rápido deslocamento das nuvens de tempestade. A primeira imagem satélite mostra a situação às 13h28, onde as nuvens carregadas estavam próximas  do centro da cidade de São Paulo. Na última, às 15h45, o núcleo de chuva intensa passava forte sobre São José dos Campos.  O aeroporto de lá notificou a primeira trovoada às 15 horas. Mais calor e menos umidade até sexta Muitas áreas da Grande São Paulo, inclusive a capital, amanheceram esta quarta-feira com céu nublado e muita névoa, mas que se dissipou rápido. O sol forte predominou pela manhã fazendo a temperatura subir rapidamente. No aeroporto de Congonhas, na zona sul da capital paulista, a temperatura era de 19ºC às 7 horas e de 29ºC, à 1 hora da tarde. No Campo de Marte, na zona norte, a temperatura era de 20ºC, às 7 horas, e alcançou 31ºC, às 2 horas da tarde. Nesta quinta-feira e também na sexta-feira, o ar fica mais seco no Estado de São Paulo. A queda da umidade vai inibir o crescimento das nuvens e afasta o risco de chuva forte e queda de granizo. Não deve chover até a sexta-feira. Uma nova frente fria chega a São Paulo durante o fim de semana e traz de volta as pancadas de chuva a Grande SP a partir da tarde do sábado.