Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Dia de alerta: chuva e vento forte, muito frio

23/07/2009 às 07:08
por Josélia Pegorim

Algu
ns fatos meteorológicos que já ocorreram esta semana vão entrar para as efemérides de 2009. Não é todo inverno que aparece uma frente fria tão especial como esta que hoje avança sobre São Paulo e Mato Grosso do Sul. Os dois estados podem chuvas e ventos fortes no decorrer do dia. - um ciclone extratropical enormer e forte, com centro mínimo de pressão de 990 hPa, sobre o Uruguai. - ventania de mais de 100 km/h no Sul do Brasil, numa pré-frontal, com pressão de menos de 1000 hPa por quase todo o Rio Grande do Sul. - ainda por conta desta enorme e especial frente fria, o vento Zonda soprou fortíssimo em Salta, no noroeste da Argentina, causando incêndios florestais. - nevou ontem sobre muitas regiões da Argentina, de baixa altitude, inclusive na Grande Buenos Aires;  foi muita neve no interior da Argentina, em lugares onde é raro nevar, e que forçou até o fechamento de rodovias. - depois da nevada histórica de julho de 2007 em Buenos Aires, a neve de ontem à tarde veio acompanhada de fortes rajadas de vento e frio intenso. Quando começou a nevar em Ezeiza, a temperatura estava em torno de 4C, mas a sensação térmica era de 12C negativos. -   a cidade de São Paulo teve ontem a tarde mais quente em 67 dias,  com calor de até 28C, o que é demais para um dia de julho. - como fato especial desta semana, vale destacar também a temperatura máxima de 29C registrada ontem em Brasília, pelo Inmet, a maior desde meados de março! O aeroporto JK marcou 30C e umidade relativa de 17%. - nesta quinta-feira, o enorme centro polar começa a alcançar o norte da Argentina, perto de 1030 hPa. Córdoba, depois da neve de ontem, amanheceu sem nuvens e com frio de 4C abaixo de zero. - uma possibilidade de neve no Uruguai e talvez até na Campanha Gaúcha (região de Jaguarão, Bagé) e no Chuí. - uma possibilidade de friagem a partir de amanhã em Rondônia, com temperaturas perto de 10C na fronteira com a Bolívia e no sul do Estado. - o alerta agora é para o frio intenso que o Sul do Brasil vai viver nos próximos dias, em particular o Rio Grande do Sul e Santa Catarina,  pois o centro polar deve passar sobre os dois Estados. Muitas áreas do Rio Grande do Sul amanheceram hoje com 5C e menos. - geadas muito fortes amanhã e no fim de semana no Sul do Brasil, com temperaturas que provalmente serão recordes pelo menos de 2009. - São Paulo, depois do calor, vai sentir de novo os termômetros despencarem e poderá ter não a madrugada mais fria, mas até o sábado, recorde de tarde mais fria. - o Mato Grosso do Sul vai sentir muito frio nas próximas 48 horas.