Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

ES, norte do RJ e de MG esperam por chuva

28/01/2015 às 22:16
por Josélia Pegorim

Com
o rompimento do bloqueio atmosférico no dia 21 de janeiro, as frentes frias e as nuvens carregadas estão voltaram a se formar sobre a maioria das áreas de Minas Gerais e do Rio de Janeiro. Mas norte mineiro, o norte do Estado do Rio de Janeiro e todo o Espírito Santo ainda sentem a influência de da alta subtropical do Altântico Sul (ASAS) que dificulta o crescimento das nuvens e a chegada das frentes frias. Embora menos intenso, ainda existe um bloqueio que vem mantendo o Espírito Santo, o norte do Rio de Janeiro e o norte de Minas Gerais fora das áreas de instabilidade que voltaram a se formar até na região de Belo Horizonte. Em Campos dos Goytacazes, no norte fluminense, o último registro de alguma chuva foi entre os dias 20 e 21 de dezembro, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. Mas foi uma chuva muito leve que acumulou menos de 5 mm. Foi nesta mesma época que a região de Teófilo Otoni (MG) teve última chuva. Em Vitória, capital do Espírito Santo, ainda não choveu este ano. A falta de chuva e o calor intenso facilitam o surgimento de focos de fogo no norte fluminense, o que não é comum nesta época, que em anos normais é com chuva frequente.     De todo o Sudeste, a situação mais dramática atualmente de falta de chuva é no Espírito Santo. O mapa mostra a estiagem agrícola até o dia 27 de janeiro, segundo o órgão governamental Agritempo. A estiagem agrícola é o número de dias em que a chuva acumulada fico abaixo dos 10 milímetros. No caso do Espírito Santo, todo o estado está pelo menos há 30 dias praticamente sem nenhuma gota de chuva.   Na capital, Vitória, se chover nada até manhã do domingo, dia 31, janeiro de 2015 será o janeiro mais seco e o mês mais seco desde 1961, pelo levantamento do Instituto Nacional de Meteorologia. Vem chuva? Uma frente fria chega ao litoral do Rio de Janeiro na sexta-feira e passa o fim de semana próxima ao litoral fluminense. A chuva desta frente fria vai beneficiar o norte do Rio de Janeiro. Mas a chance de ocorrer até o sábado ainda é baixa no vale do rio Doce, no vale do Jequitinhonha e no Espírito Santo. A possiblidade de chuva aumenta um pouco na tarde do domingo. Mas uma segunda frente fria está sendo esperada para os primeiros dias de fevereiro e deve chegar ao Espírito Santo. Confira a análise da meteorologista Josélia Pegorim