Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Fim de semana com chuva forte no Sudeste

20/03/2015 às 22:22
por Josélia Pegorim

A última semana do verão foi marcada por muitas nuvens e pancadas de chuva em grande parte do Sudeste. Temporais foram observados em diversas áreas especialmente de São Paulo e de Minas Gerais. As capitais São Paulo e Belo Horizonte acumularam em 20 dias mais chuva do que a média normal para março. No Rio de Janeiro em Vitória, o volume acumulado ainda está bastante a abaixo da média. As condições para chuva no Sudeste aumentam no fim de semana, o primeiro do verão, com a chegada de uma frente fria que vem trazendo uma massa polar moderada a forte. Entre o sábado e a segunda-feira, o ar polar entra em choque com o ar quente e úmido que está sobre o Sudeste. Este impacto térmico vai facilitar a formação de nuvens bastante carregadas que podem provocar temporais. Em São Paulo há risco de temporais no sábado e no domingo. No Rio de Janeiro e na maioria das áreas de Minas Gerais podem ocorrer fortes pancadas de chuva no fim de semana e até a segunda-feira. Já no norte mineiro e sobre o Espírito Santo, a chanca de chover forte é maior na segunda e na terça-feira. Como o ar polar entra no Sudeste? A previsão é de que tecnicamente os ventos frios polares associados com esta frente fria comecem a ser sentidos na cidade de São Paulo durante a noite de sábado, 21 de março e no Rio de Janeiro durante a tarde do domino. Em Belo Horizonte e em Vitória, os ventos frios só devem ser sentidos na segunda-feira. A chegada destes ventos polares podem ocorrer em fortes rajadas das direções sul e sudoeste, que podem superar os 60 km/h.

Esta massa polar entra forte na Argentina, mas chega suavizada ao Brasil. Mesmo assim, vai causar a queda da temperatura. O resfriamento maior será no Sul do Brasil. A temperatura fica amena nos próximos dias em parte do Sudeste e no sul de Mato Grosso do Sul. O frio não será intenso nestas áreas, mas as pessoas vão sentir uma grande diferença térmica, pois os últimos dias foram bastante abafados.