Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Fim de semana de outono no Sudeste do Brasil

20/05/2011 às 16:32
por Josélia Pegorim

Esta
terceira semana de maio pode ser considerada a mais fria do ano no centro-sul do Brasil, até agora, por conta da passagem de uma forte e grande massa de ar polar. A maioria das áreas do Sul e do Sudeste registraram as menores temperaturas de 2011 nos últimos dias. Porém, esta foi apenas a segunda massa de ar frio intensa deste outono/inverno. A próxima onda de frio forte deve entrar no país no fim de maio. Neste fim de semana, o frio diminui no Sul e no Sudeste, com o afastamento do ar polar mais intenso. Mas isto não significa que vai fazer um calorão nestas regiões. A tendência é de elevação de temperatura, mas ainda com sensação de frio à noite e no começo da manhã. A neblina, um dos fenômenos típicos desta época do ano deverá ser observado em várias áreas do Sul e do Sudeste. A neblina, cujo nome técnico correto é nevoeiro, pode se formar durante a noite ou logo ao amanhecer, causando uma brusca e acentuada redução da visibilidade horizontal nos aeroportos e em muitas estradas. Normalmente, o nevoeiro se dissipa com o gradual aquecimento do ar, mas isto pode demorar algumas horas. As baixas temperaturas durante a noite, comuns no outono/inverno, é de um dos principais fatores que possibilitam a formação da neblina ou nevoeiro. Regiões serranas, vales e baixadas são as áreas mais sujeitas ao fenômeno. Porém, o fenômeno pode se formar em qualquer lugar, a qualquer hora, desde que as condições meteorológicas sejam propícias. Lugares no Norte e no Nordeste do Brasil também têm problemas com a neblina. Dentre as capitais, as mais sujeitas à formação da neblina são Porto Alegre, Curitiba e São Paulo.