Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Fornalha de setembro

16/09/2014 às 22:01
por Josélia Pegorim

ong>Secura e calor no Brasil A primeira quinzena de setembro teve vários eventos de ar muito seco e calor recorde no Brasil. Nesta terça-feira, 16, Brasília voltou a registrar a temperatura máxima de 31,6°C, igualando o recorde de calor para 2014 registrado em 15 de setembro. As medições são do Instituto Nacional de Meteorologia. Níveis de umidade do ar abaixo de 15% foram observados em áreas do Nordeste, do Norte, Centro—Oeste e Sudeste. Os menores valores desta terça-feira registrados pelo Instituto Nacional de Meteorologia foram de 11% no interior do Piauí, nas cidades de Bom Jesus do Piauí e de Caracol, e em Montalvânia, no norte de Minas Gerais. Confira as capitais que registraram recorde de calor para 2014 em setembro Brasília (DF): 31,6°C – dias 15 e 16 Cuiabá (MT): 40,1°C – dia 14 Campo Grande (MS): 36,3°C – dias 12 e 14 Palmas (TO): 40,4°C – dia 13 Teresina (PI): 38,3°C – dia 11 Rio Branco (AC): 37,0°C - dia 7 Manaus (AM): 37,0°C – dia 5   Mas o calor de setembro está só começando. A segunda quinzena promete ser, ou pelo menos começar, com uma verdadeira fornalha. As simulações atmosféricas indicam que o ar polar vai ficar retido por vários dias no centro-sul da Argentina. A circulação dos ventos em diversos níveis da atmosfera vai bloquear a passagem do ar polar para o Brasil. Os ventos frios vão ter dificuldade para entrar até sobre a Região Sul.       Sem ar polar e com a falta de umidade para formar grandes nuvens e um barrar um pouco o sol forte, um forte aquecimento pode ser esperado para os próximos dias por quase todo o país. Temperaturas extremamente elevadas, em torno dos 40°C, poderão ocorrer no Norte, Centro-Oeste e  no Nordeste. Mas calor próximo dos 40°C também poderá ser observado em alguns locais do Sudeste como norte de  Minas Gerais e de São Paulo. Enquanto o calor e a secura do ar prometem incomodar a população em grande parte do Brasil, na Região Sul, a segunda quinzena de setembro promete tempestades. Tendência para a primavera - Brasil