Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Fortaleza registra a maior chuva em 24h deste ano

31/05/2010 às 16:07
por Josélia Pegorim

Fortaleza registra a maior chuva em 24h deste ano

Várias linhas de instabilidade cresceram na costa norte do Nordeste e provocaram muita chuva entre o litoral da Paraíba e do Maranhão. Uma linha de instabilidade é um conjunto organizado de nuvens carregadas, normalmente que provocam chuva forte com raios. Estas nuvens se deslocam numa mesma direção, juntas, e podem atuar por um dia inteiro. A chuva caiu com muita força em Fortaleza onde o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 87 milímetros das 9 horas de ontem até 9 horas de hoje. Foi a maior quantidade de chuva em 24 horas na capital cearense. O total acumulado no mês de maio subiu para cerca de 177 milímetros, mas o mês termina com menos chuva do que o normal. A média para maio é de 226 milímetros. Além de Fortaleza e de Natal, as capitais São Luís, Teresina e João Pessoa também registraram grandes volumes de chuva nas últimas 24 horas. Em São Luís, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 45,6 milímetros entre 9 horas de ontem e 9 horas de hoje. A segunda-feira foi marcada pelo tempo chuvoso e temperatura amena na capital maranhense. Até as 15 horas, o aeroporto local não havia registrado mais do que 25ºC. Maio termina com aproximadamente 377 milímetros de chuva acumulados em São Luís, valor que está 18% acima da média normal para o mês. Em Teresina, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou 45 milímetros entre 9 horas de ontem e 9 horas de hoje. O total acumulado em maio chegou aos 115 milímetros, 5% acima da média.

Chuva forte também no Pará

Outras linhas de instabilidade se formaram no nordeste do Pará e também choveu muito por lá de ontem para hoje. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou quase 93 milímetros acumulados em Soure, na ilha de Marajó, das 9 horas de ontem até 9 horas de hoje. No mesmo período, choveu 78 milímetros em Cametá e 73 milímetros em Tucuruí.

Temporal e queda de temperatura em Rondônia

Rondônia, a chuva forte e uma acentuada queda de temperatura merecem destaque nesta quarta-feira. Uma grande frente fria avançou pelo interior do Brasil trazendo uma forte onda de frio que já começou a ser sentida no Estado. Em Vilhena, no sul de Rondônia, o calor chegou aos 31ºC na tarde do domingo. Mas hoje, com a chegada do vento polar, a temperatura até as 15 horas (hora de Brasília) não passava dos 24ºC. Em Guajará-Mirim, na fronteira com a Bolívia, a temperatura neste horário era de apenas 19ºC. Ontem, a esta hora, fazia um calor de 30ºC. Em Cacoal, a temperatura por volta das 15 horas estava em 23ºC e ontem o calor chegou aos 33ºC. Mas a chuva que caiu sobre a cidade também deve ser destacada.  A medição automática do Instituto Nacional de Meteorologia indicou 121 milímetros acumulados entre 9 horas de ontem e 9 horas de hoje. Porém, a chuva caiu praticamente toda na madrugada desta segunda-feira. Entre 2 e 5 horas da madrugada, pelo horário de Brasília, choveu 72 milímetros.