Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Frente fria da virada

03/04/2010 às 10:02
por Josélia Pegorim

O fim de semana prolongado da Páscoa começou com calor intenso no Rio Grande do Sul. Na tarde de sexta-feira, a temperatura chegou aos 35,9°C em São Gabriel, cidade próxima da fronteira com a Argentina. Em Porto Alegre, os termômetros marcaram 34,2°C, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, e foi a maior temperatura na capital gaúcha desde o final de fevereiro. Os gaúchos sentiram mais calor na sexta-feira do que a maioria das áreas do Norte e do Nordeste do Brasil. O Rio Grande do Sul é a porta de entrada das frentes frias e das massas polares e é justamente por lá que terá início uma grande mudança no tempo nos próximos dias no centro-sul do Brasil. A virada será radical e virá com uma grande frente fria que já está avançando pelo Rio Grande do Sul. Este sistema se intensifica neste domingo e avança rápido pelo Sul do Brasil e começa a influenciar o tempo até em São Paulo e em Mato Grosso do Sul.
O domingo será de alerta para chuva e ventos fortes nestes estados e também em toda a Região Sul do Brasil. Nas estradas, a chuva poderá trazer transtornos aos motoristas, especialmente à tarde e à noite.

 Além da chuva, esta nova frente fria vem trazendo uma forte massa polar, a primeira do outono capaz de realmente derrubar a temperatura de forma generalizada no centro-sul do Brasil. A segunda semana se abril será marcada pelas baixas temperaturas no Sul, em São Paulo e em Mato Grosso do Sul. Mas o Rio de Janeiro e o centro-sul de Minas Gerais também vão sentir uma forte queda dos termômetros. No Sul, a forte queda de temperatura começa neste domingo no Rio Grande do Sul. Em Santa Catarina, Paraná, São Paulo e Mato Grosso do Sul, a temperatura começa a baixar na segunda-feira, mas a sensação de frio será maior a partir de terça-feira. No Rio de Janeiro e no centro-sul mineiro, a maior queda dos termômetros acontece durante a terça-feira. Além destes Estados, os ventos frios polares vão chegar até a região de Cuiabá, de Rondônia e Acre, embora com intensidade bem menor do que no Sul do país. Mesmo assim, a entrada do ar polar nestas áreas vai causar queda de temperatura e também dos níveis de umidade, inaugurando o período de diminuição da instabilidade que é característico do outono.

 

Outra situação de alerta é a elevação do mar na costa sul do Brasil, em São Paulo e no Rio de Janeiro, por conta do novo ciclone extratropical que vem junto com a frente fria. No litoral da Região Sul, o mar já estará bastante agitado durante a segunda-feira. Mas na terça e na quarta-feira que vem, as ondas crescem muito em toda a área entre o Rio Grande do Sul e o Rio de Janeiro, podendo ocorrer ressaca. Com a passagem desta frente fria, o centro-sul do Brasil entra definitivamente no outono.