Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Frente fria muda o tempo em SP

12/07/2010 às 16:32
por Josélia Pegorim

Uma
grande frente fria avança pelo Sul do Brasil e começou a mudar o tempo no Estado de São Paulo nesta segunda-feira. O sol ainda apareceu forte em todas as regiões paulista e esquentou muito. Nuvens carregadas começaram a crescer em muitas regiões do Estado, provocando pancadas de chuva e raios. A expectativa para hoje era de que voltasse a chover em cidades do centro-oeste e do sul de São Paulo, mas as pancadas de chuva começaram a ocorrer até no norte do Estado e também na Grande São Paulo. Na capital, a temperatura chegou aos 28ºC na tarde de hoje. No interior, o calor hoje chegou aos 33ºC na região de Votuporanga, Valparaíso e José Bonifácio, todas no noroeste do Estado. No litoral, o sol forte e o vento quente de noroeste, que sopra antes da entrada de uma frente fria, elevaram a temperatura para 33ºC no Guarujá. A maioria das regiões do Estado de São Paulo estava há pouco mais de um mês na secura total, sem nenhuma gota de chuva e com temperaturas bem acima do normal para esta época. Esta forte frente fria que avança do Sul do Brasil veio por ordem no tempo. Tudo muda nos próximos dias. No decorrer desta semana, o frio congelante do Sul do País vai ganhar as manchetes. Vai sobrar um pouco de ar polar também para São Paulo, mas não vai dar nem para comparar com o que está sendo esperado para a Região Sul ou mesmo em Estados como Mato Grosso do Sul e a parte centro-oeste e sul de Mato Grosso, incluindo a região de Cuiabá, que devem registrar uma queda de temperatura muito mais acentuada do que São Paulo. Não adianta ficar com ciúme do frio do Sul ou de Mato Grosso do Sul. São Paulo vai esfriar, mas não terá novos recordes, pelo menos até a sexta-feira. Talvez no fim de semana que vem, quando o ar polar for reforçado. De qualquer forma, os dias de céu azul e calor atípico chegaram ao fim no Estado de São Paulo. Há risco de pancadas de chuva fortes e raios em todas as áreas paulistas no decorrer desta terça-feira. A temperatura cai em todo o Estado, mas ninguém vai congelar.  A sensação de frio será maior na quarta-feira. Quem reclamava da secura, terá dias úmidos. A qualidade do ar vai melhorar em todo o Estado. Bloqueio atmosférico é rompido parcialmente Até onde vai chegar o frio? Embora seja muito forte, esta massa polar ainda não conseguirá romper completamente o bloqueio da massa quente e seca que ainda predomina em grande parte do Brasil. O bloqueio será enfraquecido permitindo um resfriamento em São Paulo, no sul de Goiás, no Triângulo Mineiro, no sul de Minas Gerais e Rio de Janeiro.  Quem mora no norte do Estado do Rio, em Belo Horizonte, Goiânia e no centro-norte de Goiás, no Espírito Santo, não deve esperar por dias frios. N estas áreas, o efeito dessa forte onda de frio quase não será notado. Recordes de frio na capital paulista em 2010 Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a menor temperatura ao amanhecer registrada no Mirante de Santana, na zona norte, foi de 8,7ºC, no dia 7 de junho. A tarde mais fria para os paulistanos, até agora, foi a do dia 1 de junho, com temperatura máxima de 16,8ºC. Neste mesmo dia, na zona sul da capital, a estação meteorológica da USP que fica perto do Zoológico, registrou 5,2ºC, também a mais baixa deste ano.