Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Frente fria muda o tempo no Sul do Brasil

07/07/2010 às 12:19
por Josélia Pegorim

Uma
frente fria começou a mudar o tempo na fronteira do Rio Grande do Sul. No fim da manhã desta quarta-feira, as nuvens e queda da temperatura provocadas pela chegada deste sistema já eram sentidas em cidades como Uruguaiana, Bagé e Santa Vitória do Palmar. No decorrer desta quarta-feira, esta frente fria continua avançando sobre o Rio Grande do Sul, mas as mudanças no tempo vão ocorrendo de devagar. Na Grande Porto Alegre, por exemplo, o sol ainda vai aparecer forte durante a tarde e a chance de alguma chuva é só mesmo à noite. A semana começou ensolarada e quente no Rio Grande do Sul. Em algumas áreas do Estado, a temperatura chegou a quase 30ºC na tarde de ontem, um valor bastante elevado para esta época do ano. Porto Alegre teve calor de 28,4ºC, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a maior temperatura na capital gaúcha desde o dia 19 de abril. Mas os gaúchos já devem se preparar para outra virada radical no tempo, como é comum por lá. O frio está voltando e vem forte de novo. Esta nova frente fria que avança sobre o Estado será a primeira de uma série que vai gelar o Rio Grande do Sul, e também Santa Catarina e o Paraná na segunda quinzena de julho. Para esta quinta-feira, a previsão é de forte queda de temperatura em todo o Rio Grande do Sul. O vento frio será sentido o dia todo e o sol vai ficar escondido pelas nuvens em grande parte do dia. A chuva da frente fria chega a Santa Catarina já pela manhã, que também começou a semana ensolarada e quente. A tarde de terça-feira foi a mais quente em Florianópolis, desde o dia 19 de abril. A temperatura máxima foi de 28ºC, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia. O Paraná ainda terá sol e calor nesta quinta-feira, mas a partir da tarde pode chover um pouco na Grande Curitiba, no litoral, em áreas como Guarapuava e Foz do Iguaçu. A temperatura vai cair um pouco na sexta-feira, mas ainda não será o frio intenso que fez em junho e maio. Na semana que vem, outras duas frentes frias muito fortes avançam pelo centro-sul do Brasil, com chuva, vento forte e muito ar polar. A população da Região Sul deve se preparar para vários dias seguidos de frio intenso.