Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Sul/Sudeste: frente fria muda o tempo no fim de semana

15/10/2010 às 13:30
por Josélia Pegorim

ong>Acredite se quiser,  mas este será o quinto fim de semana consecutivo com forte queda de temperatura no Sul e no Sudeste Fim de semana, expectativa de passeios, diversão, compras, descanso. Chuva e frio inibem ou mesmo inviabilizam muitas atividades. Chuva é sempre complicado, mas se o sol aparecer durante várias horas, fizer calor e só chover no fim da tarde, o fim de semana já foi salvo. Desde o início da primavera, foi difícil aproveitar a praia com sol e calor no Sul e no Sudeste do Brasil, por conta das frentes frias que mudaram o tempo justamente no fim de semana. Em particular nas capitais São Paulo e Rio de Janeiro, o último fim de semana quente, com sol, foi nos remotos 11 e 12 de setembro. Desde então, as frentes frias abaram com a diversão de muita gente. Além da chuva, todas elas provocaram quedas de temperatura bastante acentuadas Só para exemplificar, no domingo das eleições, 4 de outubro, a temperatura máxima em São Paulo e em Florianópolis ficou em torno dos 19ºC. Os curitibanos sentiram um frio de 14ºC. Em Vitória e no Rio de Janeiro, os termômetros não passaram dos 25ºC. Porto Alegre teve uma tarde amena, com máxima de 23ºC. Esfriou também em Belo Horizonte, onde a temperatura máxima ficou perto dos 26ºC. Infelizmente este próximo fim de semana também não será do sol e do calor. Outra frente fria avança do Sul para Sudeste do Brasil aumentando as condições de chuva e derrubando a temperatura de novo. Será ao quinto fim de semana consecutivo com passagem de frente fria sobre estas regiões. Como aconteceu durante o feriadão de 12 de outubro, desta vez o ar polar também vai entrar com mais força do que o normal e a sensação será de frio durante quase todo o fim de semana. No Sudeste, o ar ainda fica abafado neste sábado, mas no Sul a temperatura já começa a despencar. No domingo, o vento frio vai poupar só o norte de Minas Gerais e do Espírito Santo. As demais áreas do Sudeste e todo o Sul vão sentir uma forte baixa nos termômetros que vai obrigar todo mundo a continuar dormindo com cobertores.