Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Frio e chuva em Mato Grosso do Sul

04/05/2015 às 00:58
por Josélia Pegorim

por Alexandre Nascimento e Josélia Pegorim A aproximação de uma frente fria estimulou a formação de áreas de instabilidade no fim da manhã do domingo, 3 de maio, no sul do Estado de Mato Grosso do Sul. Em Ponta Porã, as rajadas de vento chegaram a 77 km/h e houve registro de chuva forte e muitos raios. Segundo informação da TV Morena houve registro de vários transtornos na cidade, como queda de árvores e de placas. Não houve notícia de feridos. Em Amambaí também houve rajadas de 77 km/h.

A chuva já diminuiu sobre a região, pois a instabilidade avançou para a região de Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul. O que deve acontecer de agora em diante no sul de Mato Grosso do Sul será uma grande queda de temperatura por causa da passagem de uma massa polar moderada a forte sobre o Mato Grosso do Sul.  Já esfria bastante nesta segunda-feira, mas na terça, 5, o frio a temperatura pode chegar a na casa dos 10°C. Possibilidade de recorde de frio em Campo Grande A nova massa de ar polar que começa a influenciar o Mato Grosso do Sul nesta segunda-feira já derruba a temperatura em grande parte do estado, aliviando muito o calor da tarde. O vento polar moderado vai aumentar a sensação de frio. Mas o frio mais intenso será sentindo na madrugada de terça, 5 de maio, quando a Campo Grande poderá registrar a menor temperatura de 2015 até agora. Por enquanto, pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia, o recorde de frio em Campo Grande é de 16,7°C, em 7 de abril. As imagens de satélite mostram o deslocamento das nuvens carregadas que provocaram os temporais em Ponta Porã e avançaram para a Campo Grande. As áreas de instabilidade da frente fria ainda vão provocar chuva moderada a forte em algumas áreas de Mato Grosso do Sul nesta segunda-feira. Mas o tempo vai secar rápido. Confira a previsão para o Cento-Oeste Painel Meteorológico - destaques de 03/05/2015 Forte massa polar avança para o Brasil