Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Quinta-feira com frio e chuva no RJ

29/04/2015 às 21:54
por Josélia Pegorim

Atualizado em 30/04/2015 às 09h40
O Sistema de Monitoramento do Alerta Rio - Prefeitura do Rio de Janeiro colocou a cidade do Rio de Janeiro em atenção devido os volumes de chuva acumulados. A quinta-feira (30) começou com muitas nuvens, chuva e frio no Rio de Janeiro. Segundo informações da estação automática do Forte de Copacabana, choveu entre a noite da quarta-feira (29) e a manhã de quinta-feira um total de 71,0mm. A mesma estação chegou a medir temperaturas de 19°C na capital fluminense. A previsão indica mais chuva e queda de temperatura. Possibilidade de recorde de frio Até a manhã de sexta-feira, a cidade do Rio poderá estabelecer dois novos recordes de frio para 2015. A tarde desta quinta-feira poderá ser a mais fria do ano e na madrugada de sexta-feira, feriado pelo Dia do Trabalho, o Rio de Janeiro poderá registrar a mais baixa temperatura do ano. O ar polar chega com moderada a forte intensidade sobre todo o Estado do Rio  de Janeiro fazendo a temperatura baixar em todas das regiões fluminenses. Assim, além da capital, muitas outras cidades do Grande Rio e do Estado poderá também ter as menores temperaturas de 2015 nas próximas 48 horas. Na cidade do Rio de Janeiro, pelas medições do Instituto Nacional de Meteorologia, a menor temperatura de 2015 até agora foi de 15,6°C em 8 de abril. A tarde mais fria foi a do dia 7 de abril, quando a temperatura máxima foi de 25,6°C. Veja no gráfico como será a evolução da temperatura no Rio nos próximos dias.   Por que vai esfriar? Os ventos frios de uma nova massa de ar polar começaram a chegar sobre o Sul e parte do Sudeste do Brasil nesta quarta-feira causando queda da temperatura. Esta massa polar tem forte intensidade e seus ventos vão chegar mais fortes sobre o centro-sul do Brasil nesta quinta-feira. Esta massa polar se desloca sobre o oceano, na costa da Argentina. Seus ventos chegam ao Brasil frios e carregados de umidade. Este ar úmido e frio fica espalhado pelo leste das Regiões Sul e Sudeste estimulando a formação de muitas nuvens. Além disso, o vento também empurra bandas de nuvens do mar para o continente. São nuvens baixas de chuva fraca a no máximo moderada. A combinação de muitas nuvens, reduzindo a entrada dos raios de sol e o aquecimento do ar, chuva e de ventos constantes e frios vão esfriar o ar. Por causa dos ventos constante, cariocas e fluminenses vão ter a sensação térmica de temperaturas menores do que os termômetros realmente estarão marcando. Risco de ressaca Chuva, frio e risco de ressaca. No decorrer do dia, o mar fica agitado e as ondas crescem rapidamente. Confira boletim completo com análise da ondas para os próximos dias.