Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Frio e geada no Sul do Brasil

27/10/2010 às 11:25
por Josélia Pegorim

Frio
e geada no Sul do Brasil A nova massa polar que entrou no Sul do Brasil tem moderada intensidade e causou baixas temperaturas em todos os Estados nesta quarta-feira. Conforme o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a menor temperatura em Santa Catarina foi de 2,5ºC em Urubici, no alto da região serrana do Estado. Em São Joaquim, também na serra, geou fraco e a temperatura mínima foi de 3,3ºC. Em Campos Novos, no planalto sul, fez 5,7ºC. Na capital, Florianópilis, fez bastante frio ao amanhecer e a mínima foi de 12,9ºC, a segunda mais baixa em outubro. No Rio Grande do Sul, a menor temperatura foi de 5,1ºC em São José dos Ausentes, no alto da serra gaúcha. Em Porto Alegre, a mínima foi de 14,6ºC.  Várias localidades no interior gaúcho amanheceram a quarta-feira com frio em torno dos 10ºC, uma temperatura bem abaixo dos padrões normais do fim do outubro. O Paraná também sentiu a presença do ar polar e teve uma madrugada fria. Segundo o Inmet, menor temperatura no Estado foi de 3,9ºC em General Carneiro, no sul do Estado. Em Curitiba, a mínima foi de 11,6ºC. Foz do Iguaçu, na fronteira com a Argentina e o Paraguai registrou 9ºC na madrugada. A passagem de massas polares pelo Sul do Brasil ocorre em todas as estações do ano, sendo mais intensas durante o outono e o inverno. A ocorrência de geada na Região no fim de outubro não é comum, mas nesta primavera as massas polares estão passando sobre o Sul do país com maior freqüência e maior intensidade do que a média, por conta do fenômeno climático La Niña, que é o resfriamento anormal nas águas do mar na parte central e leste do Oceano Pacífico, que abrange a costa do Peru. Nas capitais, outubro de 2010 está terminando ao menos 1 grau mais frio do que o normal. O ar polar se afasta do Sul do Brasil no decorrer desta quinta-feira e a temperatura vai subir rapidamente em toda a Região. O dia até amanhece frio, mas a sensação de calor virá antes do fim da manhã e a tarde será quente em toda a Região. A quinta-feira será com muito sol em todos os Estados e não há expectativa de chuva. A sensação de abafamento aumenta na sexta-feira, mas a aproximação de frente fria vai provocar chuva à tarde e à noite em praticamente todo o Sul do país. O sábado quem vem será de alerta na Região, por conta do risco de temporais. No domingo, as nuvens pesadas saem da Região, o sol reaparece e a temperatura volta a baixar.