Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Fumaça sobre Porto Velho

30/07/2010 às 13:18
por Josélia Pegorim

Fuma
ça Durante toda a madrugada e em metade da manhã desta sexta-feira, o aeroporto de Porto Velho teve redução de visibilidade, por conta da fumaça que invadiu a região. Nos piores momentos, entre 8 e 9 horas da manhã, a visibilidade variou de 3000 a 2500 metros. Às 11 horas, as condições de visibilidade eram boas. A fumaça, provavelmente, veio de focos de fogo nos arredores da região. Ontem, Porto Velho teve a tarde mais quente de 2010, até agora. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura chegou aos 37,2ºC. A imagem abaixo, em alta resolução, foi capturada pelos sensores MODIS do satélite Terra, operado pela NASA/Estados Unidos, no dia 29 de julho de 2010. Os pontos vermelhos indicam locais onde há focos de fogo. Eles aparecem também próximos a Porto Velho e é possível ver claramente a fumaça que sai destes focos. Os focos de fogo aparecem em várias áreas do Estado de Rondônia e também em grande quantidade sobre a Bolívia. A mancha num tom de branco azulado que se espalha sobre a Bolívia indica a capa de fumaça que sai destes focos de fogo. Entre a noite do dia 29 de julho e o meio da manhã do dia 30 de julho, satélites meteorológicos detectaram 4372 focos de fogo sobre o Brasil e 1635 sobre a Bolívia, conforme o relatório de monitoramento diário feito pelo INPE – Instituto de Pesquisas Espaciais. No Brasil, Rondônia era o sexto estado com maior número de focos, num total de 319 no período analisado. O primeiro da lista era Mato Grosso, com 715 focos. As queimadas nesta época são comuns no Brasil e na Bolívia. Parte destes focos de fogo vem destas queimadas agrícolas que são feitas para limpar o terreno para o plantio da próxima safra. O problema é que a vegetação já está muito seca, com a falta de chuva significativa que em geral se observa no inverno. A situação pode até piorar nas próximas 24 horas, por conta do aumento da velocidade dos ventos provocado pelo deslocamento de uma grande frente fria. Este sistema deve levar um pouco de chuva e baixar a temperatura  na Bolívia e em Rondônia, mas só durante o domingo. Mas a chuva que cair não deve dar conta de apagar todos os focos de fogo e o vento ainda será forte, mas frio, de origem polar.