Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

GO/DF: ar muito seco e estado de alerta. Previsão de chuva para o próximo fim de semana.

21/09/2011 às 17:28
por Josélia Pegorim

A re
gião do Distrito Federal e todo o Estado de Goiás tiveram hoje um grande aquecimento e uma queda acentuada dos níveis de ar-umido do ar. A tarde desta quarta-feira foi de "estado de alerta" devido aos índices de ar-umido abaixo entre 12% e 20%. Em Brasília, o aeroporto JK registrou 14% de ar-umido no ar às 15 horas e o nível baixíssimo persistia às 16 horas. O calor aumentou muito hoje. Entre o domingo e ontem, a temperatura neste local não passou dos 28ºC, mas hoje chegou aos 32ºC. Na região da Faculdade da Terra, o Instituto Nacional de Meteorologia registrou até 12% de ar-umido no ar. Em Águas Emendadas, o menor nível foi de 14% No aeroporto de Goiânia, a temperatura na tarde desta quarta-feira atingiu os 35ºC, maior marca deste o domingo. Ontem, os níveis de ar-umido já haviam baixado dos 20% no período da tarde e hoje a situação se repetiu. O menor valor até as 16 horas na região do aeroporto Santa Genoveva foi de 17%. As estações de medição meteorológica operadas pelo Inmet - Instituto Nacional de Meteorologia - registraram níveis de ar-umido abaixo de 20% na tarde de hoje em todo o Estado de Goiás. O menor foi de 12% em Goianésia. Luziânia, Catalão e Pires do Rio chegaram a ter 13% de ar-umido na tarde desta quarta-feira. Silvânia, Niquelândia, Monte Alegre de Goiás e Cristalina registraram até 14% de ar-umido no ar. Em Aragarças, o menor nível chegou aos 15%. Mas além da secura do ar, o desconforto para a população é agravado pelo calor intenso, com temperaturas em nacional entre 33ºC e 36ºC. Estiagem chegando ao fim Os dias de secura em Goiás e no Distrito Federal estão quase terminando. Neste próximo fim de semana, o primeiro da primavera que começa oficialmente na sexta-feira, 23 de setembro, uma grande frente fria vai avançar sobre o Brasil levando a chuva até o norte de Goiás e Brasília. A previsão é de que em Goiânia e no centro-sul de Goiás, as pancadas de chuva associadas a esta frente fria devem acontecer já no sábado. Para a região de Brasília e no norte goiano, a previsão é de que chova só no domingo.  Na segunda-feira, 26 de setembro, as condições meteorológicas ainda devem permitir a ocorrência de chuva em Goiás e no Distrito Federal. Análises meteorológicas para médio prazo apontam que outra frente fria deve entrar forte sobre o país nos primeiros dias de outubro, levando mais chuva até Brasília e desta vez, até para o Tocantins, que enfrenta a mesma situação do Centro-Oeste do Brasil. A longa estiagem no Centro-Oeste, no Tocantins e em áreas do interior do Nordeste e do Sudeste são características climáticas do outono/inverno. O fim do inverno e muitas vezes o início da primavera são marcados pela secura extrema do ar e o aumento do calor. Estas situações são comuns e acontecem quase todos os anos, com maior ou menor gravidade. Um ano atípico é quando chove durante o inverno. Para os meteorologistas, Brasília e o Tocantins são considerados as últimas "barreiras" da seca, da estiagem do inverno. Quando começa a chover nestas áreas do país, significa que realmente o período da seca chegou ao fim.