Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Grande amplitude térmica

23/08/2014 às 14:55
por Alexandre Nascimento

Nest
a época do ano é muito comum nós observarmos, em grande parte do Brasil, uma grande amplitude térmica em uma mesma localidade, ao longo do mesmo dia. É que, quando uma determinada região está sob o domínio de uma massa de ar muito seco existe pouca influência do efeito estufa. Desta forma, durante os períodos da noite e da madrugada a temperatura despenca, com todo o calor acumulado durante o dia sendo perdido para o espaço, pois não há quase moléculas de água capazes de funcionar como um "cobertor". Por outro lado, com o sol aparecendo desde cedo, a temperatura sobe muito e rapidamente, devido também à ausência de umidade capaz de provocar a formação de nuvens e assim fazer sombras aos raios de sol. Neste sábado observamos essa condição em grande parte do Brasil. Em Rancharia, no oeste de São Paulo, a temperatura era de 9 graus às 06:00 da manhã. À tarde, por volta das 14:00, os termômetros já superavam os 33 graus, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia - INMET. Em Nova Friburgo (RJ), a temperatura chegou aos 3,7 graus no fim da madrugada e já passava dos 25 no começo da tarde. Em Mineiros (GO), a amplitude térmica também passou dos 22 graus entre o fim da madrugada e o começo da tarde, com mínima de 10,7 graus e temperatura máxima de 33,4 graus no começo da tarde, também segundo o INMET. Esse clima complica em muito a vida de quem sofre normalmente com problemas respiratórios, mas também causa outro problema: com que roupa sair de casa? Quem sai cedinho tem que usar blusa e casaco. Na hora do almoço a temperatura é digna de verão, mas à noite esfria de novo. Haja saúde e mãos, para carregar tanta coisa ao longo do dia! Em São Paulo, algumas pessoas conhecem esse efeito típico dos meses de agosto e setembro - é o chamado efeito cebola - porque as pessoas vão "tirando as cascas" ao longo do dia.