Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Grande SP pode ter chuva forte a partir da tarde

08/01/2015 às 09:55
por César Soares

Atualizado às 11h12 de 8/01/2015

Recorde de temperatura

Depois da tarde mais quente do ano, a cidade de São Paulo registrou a menor temperatura de 2015, até agora. A madrugada desta quinta-feira, 8, foi a mais fresca do ano. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou a temperatura mínima de 19,6 mm no Mirante de Santana, na zona norte da cidade. O recorde anterior era de 20,1°C nas madrugadas de 7 e 6 de janeiro.

Maior chuva em 24 horas

A zona norte da capital foi uma das que mais receberam chuva na tarde de ontem. No Mirante de Santana, o Inmet registrou um acumulado de 48,6 mm, a maior quantidade de chuva de 2015 até agora. Este volume de chuva corresponde a aproximadamente 20% da média de chuva para janeiro, que é de quase 240 mm. O total acumulado desde o dia o primeiro foi de 73,2 mm.

Mais pancadas de chuva

Após os temporais que ocorreram na cidade de São Paulo entre a tarde e noite da quarta-feira (07), o tempo voltou a ficar firme. O sol já apareceu forte na manhã da quinta-feira (08).

Mas os temporais de fim de tarde também estarão presentes na Grande São Paulo. A umidade não consegue avançar para áreas da faixa leste ao longo da manhã devido o predomínio do ar seco, que é mais forte. Mas ao longo da tarde as correntes úmidas do interior vão se fortalecer e conseguir provocar pancadas de chuva rápida que novamente podem se estender ao período da noite inclusive sobre a capital.

Recorde de calor

A tarde da quarta-feira, 7 de janeiro, foi a mais quente do ano até agora na cidade de São Paulo. Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a temperatura às 15 horas chegou aos 33,7°C no Mirante de Santana, na zona norte da cidade. O recorde anterior era de 33,5°C, em 2 de janeiro.

Mais calor no fim de semana

O paulistano terá de se preparar para as altas temperaturas do fim de semana. Os próximos dias serão marcados por mais calor sobre a Região Metropolitana de São Paulo. O predomínio de sol forte vai fazer o calor aumentar ao longo da tarde. E a chegada de umidade pode provocar chuva rápida e isolada.