Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Brasília ainda pode ter chuva forte

01/10/2014 às 14:44
por César Soares

Atualizado em 01/10/2014 às 21h21

Mais chuva para Brasília

A passagem de uma frente fria pelo Sudeste do Brasil auxilia na organização de diversas nuvens carregadas sobre Goiás e no Distrito Federal. Como o ar ainda está bastante quente, há o risco de chuva forte novamente até a sexta-feira (03). O ar seco começa a atuar sobre a região e impede a formação de nebulosidade e chuva. A temperatura sofre uma pequena queda por conta de ventos frios, de origem polar, que vão entrar na região.

  Tempo firme no domingo de eleição O domingo (05) de eleição terá tempo firme em todo o Distrito Federal. A umidade diminui e não há o risco de chuva. A entrada dos ventos frios polares vão aliviar o calor. Os brasilienses terão um fim de semana com noites frias e tardes com temperatura agradável, sem o calor intenso que tem feito nos últimos dias.  

Calor de setembro

Setembro normalmente é época de calor em Brasília e este ano não foi diferente. A madrugada mais quente do ano até agora foi a do dia 27 de setembro, com temperatura mínima de 21,2°C. A tarde mais quente de 2014, por enquanto, teve temperatura máxima de 33,1°C e ocorreu no dia 17 de setembro, pelos registros do Instituto Nacional de Meteorologia.

Setembro terminou mais quente do que o normal. A média das temperaturas mínimas foi de 18,3°C, 2,3°C acima do valor de referência. A média das temperaturas máximas foi de 30,3°C, 2,0°C acima do normal.

  Saiba porque o calor vai diminuir nos próximos dias  

Tornado confirmado

Vídeos divulgados pelo imprensa nesta quarta-feira, 1 de outubro de 2014, apontam a presença de um tornado em Brasília no Distrito Federal. Segundo informações da estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia as rajadas de vento chegaram aos 95 km/h, que confirmou o fenômeno.

O calor e a umidade alta favoreceram a formação de grandes nuvens carregadas que provocam temporais em Brasília, no Distrito Federal. Segundo informação do aeroporto Presidente Juscelino Kubitschek houve a ocorrência de granizo e a visibilidade horizontal ficou reduzida a 100 metros. A ventania no local arrancou coberturas.

O quadro mostra a sequência de informações meteorológicas emitidas pelo aeroporto de Brasília. Durante um hora, entre 14h e 15h, a chuva caiu forte, com trovoes (+TSRA) e com o granizo (+TSGRRA), onde  "GR" indica granizo, "TS" trovoadas e "RA", chuva. As siglas são em inglês e usadas conforme padrão internacional das mensagens meteorológicas emitidas pelos aeroportos. A velocidade do vento chegou a 72 km/h e a temperatura antes do temporal chegou aos 33°C.

As imagens do satélite meteorológico GOES-13 mostram as nuvens com grande desenvolvimento vertical (manchas em tons em azul e principalmente em vermelho) que passaram sobre Brasília e provocaram o funil de vento.

O internauta Eduardo Freire mandou uma foto com a evolução das nuvens em Brasília pela #fotografeotempo.

O radar meteorológico do Gama registrou a presença de diversas áreas de instabilidade com chuva intensa. As áreas em vermelho indicam a presença de chuva forte com risco de granizo.