Climatempo

Climatempo Meteorologia

Obter
publicidade

Chuva e vento enfraquecem em Santa Catarina

11/03/2015 às 16:55
por César Soares

Na manhã desta quarta-feira (11) ocorreu a intensificação do sistema de baixa pressão atmosférico associado à uma depressão subtropical. O sistema caiu de 1008hPa registrado na manhã de terça-feira (10) para 1000hPa na manhã de quarta-feira e isso foi o suficiente para o Centro de Hidrologia da Marinha Brasileira reclassificar o sistema para uma tempestade subtropical, inclusive batizada com o nome de Cari.

Mas ao longo da tarde da quarta-feira, uma banda de nebulosidade intensa aparentava ter se desprendido do ciclone principal, e persistia na costa catarinense como mostram as imagens do satélite meteorológico fornecidas pela NOAA.

As rajadas de vento na estação do Morro da Igreja já chegaram aos 108 km/h. Os aeroportos ao longo da tarde de quarta-feira reportaram a presença de pancadas de chuva forte.

Instabilidade enfraquece

Durante a noite de quarta-feira, as novas imagens de satélite mostraram que as bandas de nuvens carregadas já haviam se afastado do leste catarinense, o que favoreceu uma grande diminuição da chuva.  

As áreas de instabilidade de Cari ainda vão provocar chuva sobre Santa Catarina, mas não de forma prolongada e volumosa como nos últimos três dias. O sol já volta a aparecer e há o risco de pancadas de chuva rápidas. O centro de baixa pressão enfraquece e se afasta ainda mais em alto-mar no decorrer desta quinta-feira.

O mar ainda fica agitado, com ondas de até 3 metros pela manhã no litoral sul catarinense. A tendência é de que diminuição da agitação no mar durante a tarde. As rajadas de vento ainda acontecem especialmente no litoral, mas menos intensas.  Não há mais risco de ressaca na sexta-feira e nem no fim de semana.

Como a tempestade Cari atua no Brasil nesta quinta-feira?

Confira como será a chuva no Brasil nos próximos 15 dias.